caverna
[Conf. espeleologia]

Cavidade subterrânea desenvolvida por processos naturais, de dimensões métricas a quilométricas suficientes para dar acesso ao homem.

Muitas cavernas são originado pela dissolução de rochas, principalmente calcários, ao longo de locais preferencias como falhas, fraturas por onde escoa água subterrânea dissolvendo carbonatos que vão ser depositados mais adiante formando espeleotemas.
Além de cavernas formadas por dissolução, também formam-se cavernas por erosão sub-superficial de solo ou de material alterado ao longo de zonas preferenciais como fraturas ou zonas de mais alta permeabilidade e solubilidade entre porções de rocha mais fresca ou menos permeável.
O embate de ondas em costa acidentada ou com falésias também pode produzir importantes cavernas (cavernas marinhas).
Tubo de lava é uma feição especial de caverna que se forma em zonas vulcânicas pelo escoamento de lava ainda existende dentro de derrame já consolidado perifericamente.

[Ver Sítios espeleológicos no site SIGEP-Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos]
[Ver Cavernas e Geoespeleologia no site do Instituto de Geociências da USP]
[Ver Furna ou gruta marinha - BR101 - Sombrio/SC]
[Ver Geology of Caves  no site Geologic Glossary - USGS Geology in the Parks ]
[Ver Cave and Karst program
no site Nature & Science - National Park Service - USA]
[Ver As Reações Químicas e a Formação das Cavernas no site Centro de Divulgação Científica e Cultural da USP]

 

[Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico