ciclotema

Sequência de camadas sedimentares que se repete em ciclos referentes a transgressões e regressões marinhas sucessivas em ambiente litorâneo.

Os ciclotemas tem origem principal em ambiente de transição, litorâneo ou marginal, com delta e/ou bacias parálicas associadas, ocorrendo ciclos de transgressões e regressões marinhas.
Em zonas tropicais a temperadas, estas condições favorecem o desenvolvimento de pântanos e florestas que,  sepultadas por camadas marinhas transgressivas, dão origem a camadas de carvão (coal measure unit) entre camadas carbonáticas, areníticas, síltiticas e lutíticas, repetidas em ciclos para cada transgressão e regressão.
A formação dos ciclotemas com carvão, comuns no Carbonífero, implica, assim, em ambiente de linha de costa relativamente fixa e estável, mas progressivamente submergente, alternando fases de maior estabilidade crustal ou de recuo do mar (eustasia negativa), mas sem exposição a erosão significativa, quando se desenvolvem os pântanos, mangues e florestas parálicas (origem da matéria carbonosa a ser litificada como carvão), com fases de ingressão marinha, por afundamento da bacia ou por elevação do nível do mar devido a aquecimento climático global.
Um ciclotema representa uma unidade litoestratigráfica informal hierarquicamente correspondente à formação.

[Ver Krumbein,W.C. 1964. The Cyclothem as a Response to Sedimentary Environment and Tectonism no site Kansas Geological Survey at The University of Kansas]
[Ver "This is a diagram of a classic cyclothem" no site Department of Geology/Geography - Eastern Illinois University]

 

[Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico