cratera
[Grego: krater - vaso de boca larga]

(a) Cratera vulcânica: depressão circundada por elevações, muitas vezes tomada por um lago, que se origina pela explosão e ejeção de material que capeia a chaminé de um vulcão.

Além da explosão vulcânica com ejeção de fragmentos de rochas  da chaminé e suas encaixantes, acompanhada pela deposição desses fragmentos e cinzas ao redor do buraco da explosão, a depressão topográfica pode ser ampliada por refluxo de magma para a câmara magmática abaixo.

[Ver Sunset Crater no site Earth Science World Image Bank - AGI]

(b) Cratera de impacto: feição topográfica com bordas elevadas cuja origem está ligada a impacto meteorítico, de cometa ou asteróide que fundiu e vaporizou rochas, provocando uma forte deformação marginal em torno da área de impacto onde podem ocorrer camadas invertidas, verticalizadas ou dobradas.

Ver mais sobre cratera de impacto.
A Lua mostra sua superfície repleta de crateras de impactos em função de que não existe lá intemperismo igual ao da Terra o que leva a apresentar um relevo praticamente imutável desde os impactos.

[Ver Crater Copernicus no site da NASA]

 

[Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico