depósito pelágico 
[Sin. depósito eupelágico]

Acumulações de partículas finas em mar aberto e profundo, distante de áreas continentais (ambiente pelágico), dominadas por restos de plâncton calcário e silicosos (vasas de globigerinas, radiolários e diatomáceas), com materiais vulcanogênicos e cosmogênicos subordinados com mínima ou nenhuma contribuição terrígena, podendo, minoritariamente, incluir minerais autigênicos (e.g., glauconita, grãos fosfáticos).

A gênese de tais sedimentos está profundamente ligada à produtividade do plâncton calcário e/ou silicoso, fator em grande parte dependente da fertilidade das águas e do isolamento da área ao aporte de terrígenos. Também chamados de eupelágicos (pelagitos), estes sedimentos têm na água sua fonte primária e estão associados a mares epicontinentais rasos, plataformas externas ou áreas oceânicas.

 

[Autor: Dias-Brito,D.; Colab. Winge,M.]
Home page Glossário Geológico