diferenciação metamórfica

Processo metamórfico de separação de fases minerais em bandas.

A segregação ou diferenciação metamórfica é um processo comum na formação de gnaisses granitóides, dando origem ao bandamento gnáissico ("gnaissosidade"), mas ocorre também em diversas outras rochas metamórficas (xistos, eclogitos, anfibolitos, etc...). Durante o metamorfismo com pressão dirigida, desenvolvem-se planos paralelos de maior mobilidade, de ruptura estrutural  e com maior percolação de fluidos entre fatias milimétricas a centimétricas da rocha mais preservada; acima de determinadas condições termodinâmicas, constituintes minerais mais susceptíveis à dissolução por pressão, como o quartzo e carbonatos, são dissolvidos nos pontos de maior tensão e recristalizados em zonas, bandas, "linhas" ou faixas menos tensionadas como bandas paralelas, como rods ou nas zonas de charneiras de dobras para onde "escoam" molécula a molécula; minerais mais resistentes, geralmente mais máficos, antigos ou neoformados, ficam assim segregados destes mais félsicos em bandas mais escuras. 

 

Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico