dobra intrafolial

Dobra de dimensões variadas, centimétrica a decimétrica geralmente, truncada e sem raízes, remanescente entre planos de cisalhamento ou de nova foliação metamórfica com forte transposição.

A ocorrência de dobras intrafoliais se dá, com preferência, em  zonas muito tectonizadas, por vezes retomadas em mais de um evento tectônico, onde ocorre o  adensamento de planos de cisalhamento e recristalização com forte transposição das camadas, sobrando "fantasmas" dobrados e sem raízes das foliações mais antigas.
Dobras de arrasto desenvolvidas dentro de uma fatia de falhas de cavalgamento podem evoluir para dobras intrafoliais à medida em que os planos "C" apresentam-se mais pervasivos e transpostos.

 

Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico