dúctil
[Conf. rúptil]

Ductilidade refere-se à propriedade de um material ser estirado em fios sem romper e nas rochas corresponde a propriedade da rocha de ser estirada e deformada sob determinada tensão e condições termodinâmicas comparativamente a outras rochas.

As rochas reagem diferencialmente às tensões aplicadas segundo duas tendências de deformação permanente: de rúptil a dúctil com todas as gradações intermediárias. Em certas condições especiais a deformação poderá ser elástica e mais ou menos resiliente. Este comportamento varia, também, entre os componentes minerais ou litológicos da mesma rocha que apresentam graus diferentes de ductilidade, influenciando o desenvolvimento de texturas diversas nas mesmas condições de P e T conforme os minerais associados que sofreram o mesmo esforço de deformação. Por exemplo, em um minério a base de pirita e galena, esta última pode se apresentar deformada em fitas ou foliada (mais dúctil) ao lado da pirita em cristais com pouca deformação ou mostrando quebramentos por ter reologia distinta (mais rúptil) da da galena nas mesmas condições termodinâmicas.
Ao se aprofundar na crosta e no manto as rochas, com o aumento de P e T, tendem a se tornar progressivamente mais dúteis.

[Ver brittle-ductile boundary no site Visual Glossary do USGS]

 

Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico