estuário

Desembocadura ou foz de rio alargada e extensa, como uma baía fechada e estreita, onde misturam-se água doce do rio e salgada do mar ao sabor da correnteza fluvial e dos fluxos de marés do mar, normalmente com vários rios desaguando nele. 

Correntes de marés antepõem-se à descarga fluvial em maior ou menor grau na dependência sazonal ou de maré alta ou baixa bem como do afluxo fluvial variável podendo se formar canais erosivos diferentes e regime de correntezas variáveis no estuário o que fomenta uma grande biodiversidade em função dessa variabilidade ambiental salina e de carga das águas, sendo típico o ambiente de manguezais.
Os estuários formam-se, geralmente, com o afogamento de vales em costas de submersão enquanto que lagunas, também influenciadas por afluxos cíclicos de águas do mar, são normalmente rasas, tendem a ser paralelas à linha de costa e a ocorrer em costas de emersão.

 

Autor: Winge,M.]  Última atualização: 22/09/16 17:07
Home page Glossário Geológico