gradiente geotérmico

Gradação ou taxa de aumento de temperatura por unidade de profundidade no sentido ao centro da terra, também definido por diagrama temperatura x profundidade ou pressão litostática (equivalente a profundidade).

Os gradientes geotérmicos variam de região para região, sendo baixos (8-16o/km), por exemplo, em zonas de subducção, onde crosta oceânica "velha" e fria desce por sob a placa subductada, e altos (>25o/km) em zonas de cadeias meso-oceânicas, aquecidas pela ascensão sistemática de magma formando novos trechos de crosta oceânica. O mapeamento destas variações de temperatura é feito com o uso de isotermas ou geotermas. O gradiente geotérmico pode ser estático, típico de regiões atectônicas e sem magmatismo recente, com aumento de temperatura e de pressão em direção ao centro da terra de forma progressiva, ou ser perturbado térmica e/ou tectonicamente, em função de focos de calor (intrusões, hot spots..), de tectônica de nappes, tectônica de subducção, etc.

 

[Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico