greda 
[Latim: creta = giz]

Sedimento carbonático ou calcário, muito macio e friável, amarelo esverdeado, granulometria fina, composto primariamente por microfósseis planctônicos, fracamente endurecido e prontamente deformável sob a ação da unha ou uma lâmina de canivete.

A variedade branca da greda recebe o nome de cré. Muito usada, especialmente para escrever em pedra ou em quadros negros.
O adjetivo cretáceo, stricto sensu, significa: formado de greda; que contém greda. A definição do Sistema Cretáceo teve como base as gredas que formam a região anglo-belgo-parisiense (Harland et al., 1982).
Segundo Bromley e Gale (1982): "greda é um sedimento carbonático de fina granulometria composto primariamente por nanofósseis calcários e microfósseis, fracamente endurecido e prontamente deformável sob a ação da unha ou de uma lâmina de canivete." Dias-Brito (2005) assim define greda: "é um sedimento carbonático de fina granulometria composto primariamente por microfósseis planctônicos, fracamente endurecido e prontamente deformável sob a ação da unha ou uma lâmina de canivete. Se rica em nanofósseis calcários, a greda deve ser qualificada de greda a nanofósseis; se rica em gobigerinidos é greda a globigerinidos." Greda equivale aos termos chalk (inglês) e craie (francês).

 

[Autor: Dias-Brito,D.]
Home page Glossário Geológico