metamorfismo
[grego: meta=mudança; morfos=forma]

Processos de transformações mineralógicas, texturais e estruturais de uma rocha pré-existente ou protólito sob a ação de variáveis temperatura e/ou pressão (litostática, dirigida e/ou de fluidos) sem mudança química significativa e no estado sólido.

Os protólitos de rochas metamórficas podem ser ígneos, sedimentares ou, mesmo, metamórficos.
O metamorfismo é definido como um processo geológico isoquímico, ou seja: a rocha original não sofre mudança química; na realidade, os processos de transformações metamórficas implicam, sempre, em alguma modificação química, desde mínima ou em escala limitada, até muito importante, quando deixamos de designar a rocha de metamorfito e passamos a designá-la de metassomatito.
Ocorrendo fusão parcial da rocha, normalmente associada com metassomatismo, ao serem atingidos altos graus de metamorfismo, tem-se rochas como os migmatitos e no caso de fusão muito importante, gerando neomagma, originam-se rochas anatexíticas.
Existem vários tipos de metamorfismo: fundo oceânico, orogênico, dínamotermal ou regional, de soterramento,  de contato ou termal, dinâmico ou cataclástico, de impacto.

 

[Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico