método K-Ar

Método de datação geocronológica absoluta baseado na desintegração radioativa de 40K originando 40Ar. Rotineiramente usado para a datação de minerais ricos ricos em potássio, especialmente micas (biotita e muscovita). Pode também ser usado para a datação de alguns tipos de anfibólios e feldspatos. Aplicado normalmente em minerais mais velhos que 2 Ma.

 

[Autor:Pimentel,M.M.]
Home page Glossário Geológico