mineralóide
[sufixo óide significa: parecido com]
[Conf. mineral, cristal]

Substância de ocorrência natural, semelhante a um mineral, com uma certa constância de composição química e de características físicas, mas que não apresenta a organização cristalina típica dos minerais.

Os mineralóides formam-se, muitas vezes, pela floculação de colóides e ressecação de gel apresentando, em consequência, frequentemente, hábitos botrioidal ou mamelonar e pisolítico e fácies concrecionados, muitas vezes, como uma mistura de finas porções amorfas com fases minerais criptocristalinas, localizadas ou incipientes.
Tambem ocorrem mineralóides com origem orgânica (são biogênicos), como a colofana (fosfato de cálcio amorfo que ocorre em alguns ossos fósseis), o âmbar (originado pela fossilização de resinas de árvores).
Os denominados "minerais amorfos", como a opala, apesar de manterem uma certa constância de composição química e de características físicas, não apresentam a organização cristalina dos minerais, sendo classificados como mineralóides (parecidos com minerais); a designação "mineral amorfo" deve ser abandonada.
Alguns autores incluem substâncias naturais, líquidas nas condições atmosféricas, como a água e o mercúrio, na classificação de mineralóides pelo fato de serem substâncias naturais o que cria um sério problema terminológico, pois essas substâncias não são parecidas com minerais, visto que estes, obrigatoriamente, devem estar no estado sólido.

[Ver The Mineraloids Class no site Mineral Gallery.com]

 

[Autor: Winge,M.; Colab. Santos,M.D.]
Home page Glossário Geológico