petrologia metamórfica

É a parte da geologia que tem por objetivo estudar as rochas transformadas textural, estrutural, química e/ou mineralogicamente  e estabelecer a relação de causa e efeito entre as transformações observadas e processos geológicos, buscando-se definir temporalmente, quimica e termodinamicamente a natureza dos eventos associados.

Por definição, o escopo do estudo do metamorfismo limita-se às transformações das rochas realizadas no estado sólido ou predominantemente sólido e excluídas as transformações por anatexia (fusão ou refusão de rochas) nas condições mais severas, por um lado,  e  por diagênese e intemperismo, nas condições superficiais da crosta terrestre, por outro lado.  
A petrologia metamórfica objetiva, assim, determinar, a partir do estudo dos minerais, química, textura e estrutura atuais, qual a rocha original (protólito), qual o seu ambiente gerador e quais os processos geológicos envolvidos em sua origem e transformação, hierarquizando-os no tempo e no espaço para correlações locais e regionais.
A crosta da Terra, incluindo as áreas oceânicas, apresenta, em sua parte superficial, rochas metamórficas predominantes o que demonstra a importância desta disciplina que versa sobre a transformação das rochas.

[Ver texto complementar: Petrologia metamórfica - Notas de aula]

[Autor: Winge,M.] Última atualização: 24/11/15 17:41
Home page Glossário Geológico