tsunami
[Japonês: tsu=porto; nami=onda]
[Sin. pro parte maremoto]

Grande onda (vagalhão) ou sucessão de ondas marinhas que se desloca através do oceano até por milhares de quilômetros em alta velocidade (pode viajar a mais de 700km/h), com grande comprimento de onda (pode ter mais de 100km)  de pequena amplitude (metro a poucos metros) e que torna-se catastrófica ao atingir as profundidades menores das linhas de costa onde pode eleva-se a grande altura (30 a 40 metros), invadindo violentamente as praias.

Tsunami é um dos desastres naturais que podem, com frequeência, atingir dimensões catastróficas aos provocar a morte de milhares de pessoas.
Um (ou uma) tsunami pode ter várias origens: tremores sísmicos ou terremoto no assoalho oceânico (maremoto), por diastrofismo e/ou vulcanismo principalmente; deslizamentos com grandes avalanches submarinas em áreas de talude, geralmente provocadas por abalos sísmicos; impacto meteorítico.
Devido a pequena amplitude, as ondas de tsunamis são mal percebidas por quem navega em águas profundas de oceano aberto.
Momentos antes de elevar-se e atingir catastroficamente a costa, a tsunami, devido ao grande comprimento de onda, provoca um rebaixamento do nível do mar que recua significativamente o que pode servir de aviso silencioso para a população procurar rapidamente fugir para área elevadas.
As ondas de marés e as ondas provocadas por tufões, mesmo podendo ser catastróficas, não são elencadas como tsunamis.

[Ver Tsunami! no site  da University of Washington]
[Ver em Photo glossary of volcano terms - USGS: Tsunami]
[Ver site Pacific Tsunami Museum]
[Ver tsunami no site Visual Glossary do USGS]

[Vídeo: Tsunami terrível no Japão - 2011]
[Vídeo "Tsunami Krakatoa" mostrando em maquete a origem e evolução de tsunami de 1883 que destruiu a Ilha de Krakatau - Indonésia, considerada por alguns como um supervulcão]

[Autor: Winge,M.]
Home page Glossário Geológico