SIGEP - COMISSÃO BRASILEIRA DE SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEOBIOLÓGICOS
(DNPM-CPRM-SBG-ABC-SBP-IPHAN-IBAMA-SBE-ABEQUA)

PROPOSTA DE DESCRIÇÃO DE SÍTIO GEOLÓGICO DO BRASIL
PARA REGISTRO NO PATRIMÔNIO MUNDIAL DA HUMANIDADE
(WORLD HERITAGE COMMITEE - UNESCO)

PROPONENTE (preferencialmente deve ser o candidato a autor principal)
Nome completo:
Kleberson de Oliveira Porpino
Endereço: Departamento de Ciências Biologicas, UERN, Campus Central, Mossoró-RN/ Programa de Pós-Graduação em Geologia. Departamento de Geologia/IGEO/UFRJ. Prédio CCMN, Ilha do Fundão, Rio de Janeiro/RJ

Fax:
Telefone
: (84) 3642-3856/ (21) 3418-4552
email:
kleporpino@yahoo.com.br
Data da proposta: 08/08/06
Data provável de entrega: 31/05/2007

1) CO-AUTORES:  (Informar em ordem de importância: Nome completo, instituição, e-mail):

 

Valdeci dos Santos - Departamento de História/Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), valdecisantosjr@ig.com.br
Maria de Fátima Cavalcante Ferreira dos Santos, Museu Câmara Cascudo/UFRN, mfatima@ufrnet.br
 

2) NOME do SÍTIO (nome consagrado; se não existir, proponha um nome conciso que indique o tipo de sítio e/ou o local): Lajedo de Soledade

(a)  SUGESTÃO DE TÍTULO DO ARTIGO A SER ESCRITO  (deve ser conciso e, preferencialmente, integrar o nome do Sítio - VER EXEMPLOS): O Lajedo de Soledade, Apodi/RN

(b)  SUGESTÃO DE SUBTÍTULO DO ARTIGO A SER ESCRITO  (deve ser conciso e complementar ao título- VER EXEMPLOS): um peculiar  depósito da mastofauna  no Quaternário do nordeste do Brasil

 

3)  TIPO DE SÍTIO:

[   ]Astroblema                 
[   ]Estratigráfico              
[   ]História da Geologia  
[   ] Marinho-submarino  
[   ]Metamórfico                
[   ] Paleoambiental           
[   ]Sedimentar                  
[   ]Outro(s) :_____

[   ]Espeleológico  
[   ]Geomorfológico
[   ]Ígneo
[   ]Metalogenético
[   ]Mineralógico
[  x ]Paleontológico
[   ]Tectono-estrutural
Observação: [  x ]Inclui vestígios arqueológicos

 

4)  LOCALIZAÇÃO
4.1. Município(s)/UF: Apodi/RN

4.2. Coordenadas geográficas (Lat/Long) do centro da área:   5º35`S e 37º 48`W.

4.3. Nome do local: Lajedo de Soledade

5)       JUSTIFICATIVAS (para a inclusão como PATRIMÔNIO MUNDIAL DA HUMANIDADE):

O Lajedo de Soledade, a maior exposição de rochas carbonáticas da Formação Jandaíra, bacia Potiguar, é conhecido mundialmente por seu potencial geológico e arqueológico em função da singularidade de suas feições de origem cárstica e pela abundância de pinturas rupestres. Recentemente foi reconhecido também como um importante jazigo de mamíferos quaternários. Sua relevância, do ponto de vista paleontológico, deve-se, sobretudo, a rica associação faunística composta por restos da megafauna associados a táxons ainda presentes na fauna atual e espécies de ocorrência menos freqüente, porém de grande importância na interpretação paleoecológica e paleoambiental do Pleistoceno final-Holoceno do nordeste brasileiro.  

6) .BREVE DESCRIÇÃO DO SÍTIO:

1.Geologia. O Lajedo de Soledade é uma exposição carbanática com área em torno de 3km2 pertencente à Formação Jandaíra, Cretáceo Superior da bacia Potiguar, situada no município de Apodi, região oeste do Estado do Rio Grande do Norte. O afloramento apresenta um sistema de falhas e fraturas de direção NE-SW e NW-SE, as quais a partir de um intenso processo de carstificação foram alargadas originando ravinas e pequenas cavernas. Durante o Quaternário estas fendas foram preenchidas por sedimentos carreados por águas pluviais, provavelmente em regime de enxurrada. Esta drenagem temporária ao longo do lajedo propiciou também condições para a formação da assembléia fossilífera local.

2. Paleontologia. O material fóssil quaternário do Lajedo de Soledade está constituído por dentes e uma apreciável variedade de ossos pós-cranianos de mamíferos de pequeno, médio e grande porte.  As peças apresentam coloração escura e ferruginosa em decorrência de preenchimento e substituição por mineral opaco (possivelmente limonita) abundante localmente. Os estudos realizados até o presente momento registraram a presença das famílias Megatheriidae, Dasypodidae, Glyptodontidae, Macraucheniidae, Canidae, Felidae, Camelidae, Equidae, Toxodontidae e Ursidae. Datações radiométricas não foram ainda realizadas para o Lajedo de Soledade, porém a presença de espécies como Eremotherium laurillardi e Panochthus greslebini permitem correlacionar a fauna-local com outras semelhantes do nordeste do Brasil, as quais tem sido atribuídas ao Pleistoceno final ou início do Holoceno.

3. Arqueologia As ravinas e pequenas grutas foram enriquecidas pela arte rupestre deixada por antepassados que utilizaram essas estruturas como abrigos temporários, onde desenvolviam atividades de caça e/ou  cerimoniais, conforme proposto por algumas interpretações arqueológicas. Os grafimos encontram-se distribuídos em diversos painéis, com ampla variedade de zoomorfos, antropormofos e figuras geométricas (polígonos, círculos, traços).

7) SITUAÇÃO ATUAL DE CONSERVAÇÃO E ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELA PROTEÇÃO:

A exploração local de rochas carbonáticas, principalmente para a fabricação artesanal da cal, representou, por longo tempo, uma ameaça constante a integridade do Lajedo de Soledade. Todavia, graças à iniciativa da Petrobrás, foi possível a delimitação de uma área prioritária para preservação. Posteriormente, a Petrobrás propiciou apoio logístico e financeiro para a realização de investigações científicas na área por parte de equipe multidisciplinar da Universidade Federal do Rio Grande do Norte durante a década de 90. Além do reconhecimento e interpretação de aspectos geológicos e arqueológicos, as pesquisas resultaram na coleta de relevante quantidade de material paleontológico. A alocação de verbas por parte da Petrobrás permitiu também a construção de um museu  (Museu do Lajedo de Soledade) que alberga as peças recuperadas no Lajedo, além de, com o apoio da Fundação Amigos do Lajedo de Soledade, instituição de caráter privado, regulamentar e monitorar as visitas turísticas e educacionais.     

8) BIBLIOGRAFIA REFERENTE AO SÍTIO PROPOSTO (indicar em destaque trabalhos dos candidatos a autor e co-autores):

Bagnoli, E. 1994. O Lajedo de Soledade, Apodi (RN): um exemplo de preservação do patrimônio cultural brasileiro. Revista de Arqueologia, 8(1): 239-253.

Córdoba, V.C.; Spadini, A.R.; Bagnoli, E. 1994. Lajedo de Soledade, Cretáceo superior da bacia Potiguar: um exemplo de sedimentação carbonática, sob influência de marés. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE PALEONTOLOGIA, 38. Camboriú, 1994. Anais...Camboriú, SBG, p. 293-295.

Porpino, K.O.; Santos, M.F.C.F.; Bergqvist, L.P. Registros de mamíferos fósseis no Lajedo de Soledade, Apodi/RN. Revista Brasileira de Paleontologia, 7(3): 349-358.

Santos, M.F.C.F. 2001. Contribuição ao conhecimento de depósitos fossilíferos pleistocênicos do Rio Grande do Norte. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Programa de Pós-Graduação em Geodinâmica e Geofísica, Dissertação de Mestrado, 70p.

Santos, M.F.C.F.; Lima-Filho, F.P.; Bergqvist, L.P. 2002. Fósseis pleistocênicos da Ravina do Leon, Lajedo de Soledade, Apodi/RN. Revista de Geologia, 15:23-29.

Santos, M.F.C.F.; Bergqvist, L.P.; Lima-Filho, F.P.; Pereira, M.M.V. 2002. Feições tafonômicas observadas em fósseis pleistocênicos do Rio Grande do Norte. Revista de Geologia, 15: 31-41.

Spencer, W.B. 2005. O patrimônio natural desconsiderado: o Lajedo de Soledade. Mneme 6(13): 1-31.

De: Celia Regina de Gouveia Souza [mailto:celia@igeologico.sp.gov.br]
Enviada em: quinta-feira, 10 de agosto de 2006 11:48
Assunto: RE: Proposta de Sítio: Lajedo de Soledade

Colegas da SIGEP e autores,
Acho que o sítio é bastante interessante e tem vários atributos importantes. E também alia uma forma de preservação. Concordo com a publicação.
Abraços, Celia

Dra. Celia Regina de Gouveia Souza
Representatnte ABEQUA


De: Renato Ramos [mailto:rramos@mn.ufrj.br]
Enviada em: quinta-feira, 10 de agosto de 2006 17:46

Fico contente que o Lajedo de Soledade tenha finalmente sido incluído.
Trata-se de um sítio maravilhoso, que tive o prazer de conhecer em 2000 durante um trabalho em Mossoró.
Não consegui entrar no link para ver de quem é a proposta, mas desde já parabenizo quem a está encaminhando.
Saudações geológicas,
Renato R. Cabral Ramos
MUseu Nacional/UFRJ


De: Joaquim das virgens [mailto:dasvirgens@yahoo.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 10 de agosto de 2006 17:53

Sobre a Proposta do Lajedo de Soledade:
Na minha proposta do "Distrito Espeleológico da Chapada do Apodi, o Lajedo de Soledade estava incluído, inclusive contando com os autores desta proposta como co-autores.
a vinda de uma nova proposta englobando apenas o Lajedo de Soledade, vem por mim bem recebida pois desta maneira eu posso centrar a proposta em torno do conjunto principal de cavernas, atualmente ameaçada pela exploração, tanto desafogando o texto como enriquecendo de material a publicação do Volume 2.
Como conhecedor da área, ela vale sim um lugar no SIGEP e os autores possuem plena capacidade para tal.
se me permite o gancho, eu poderia sugerir uma proposta que envolvesse apenas a área da caverna da Furna Feia, a maior do estado, e assim o Distrito Espeleológico Chapada do Apodi, passaria a conter 3 partes:
-Lajedo de soledade (proposta em questão)
-Conjunto de cavernas do Médio Apodi (sem nomedefinido ainda)- de minha responsabilidade junto com Narendra (aberto a quem mais puder colaborar).
-Caverna da Furna Feia (A Ser Definido)
ainda estou com minhas atenções voltadas para a conclusão do meu mestrado mas em breve poderei dispor de tempo para estudar a melhor maneira.
Joaquim das Virgens


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 11 de agosto de 2006 14:38
 
Prezados Kleberson e Maria de Fátima,
 
Para seu conhecimento, encaminho as observações do colega Renato Ramos da UFRJ  reconhecendo a importância do sítio proposto para ser descrito por voces: http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Lajedo_de_Soledade_Apodi_RN.htm)
 
Aproveito para informar que o colega Joaquim das Virgens, informou -outro email - que este sítio situa-se dentro do Sítio sugerido por ele e já aprovado com número 118:
Distrito Espeleológico Chapada do Apodi - RN o qual poderia ser desdobrado em tres sítios inclusos.
Dependendo de decisões da SIGEP esse Distrito Espeleológico poderia vir, então, a ser considerado como um GeoParque mais do que um sítio geológico.
 
Desta maneira, informo que a descrição do sítio proposto por vocês, se aprovado, deverá contemplar substancialmente os aspectos de evolução e características espeleológicas, alem da paleontologia que presumo seja o objeto principal de estudos de voces, pois somente marcaram o sítio como paleontológico. Se julgarem conveniente ou necessário, não vejo problemas em que voces incluam algum colega espeleólogo que tenha desenvolvido pesquisas no sítio para contemplar essa parte da descrição do sítio, mesmo que com ampliação do número máximo de páginas estabelecido pela SIGEP.
 Aguardamos posicionamento,
Manfredo
Representante da SBG
C/c Renato Ramos e SIGEP

De: Carlos Schobbenhaus [mailto:schobben@df.cprm.gov.br]
Enviada em: segunda-feira, 14 de agosto de 2006 19:26
Assunto: Re: Análise e Votação das novas propostas

Sou favorável à aprovação das tres propostas abaixo:

ESTROMATÓLITOS GIGANTES DE SANTA ROSA DE VITERBO, SP
AFLORAMENTO DE CANOINHAS, KM 242 DA RODOVIA BR 280, SC
LAJEDO DE SOLEDADE, APODI, RN

Abr. Schobbenhaus
Representante da CPRM


De: antonio2673 [mailto:antonio2673@terra.com.br]
Enviada em: segunda-feira, 14 de agosto de 2006 20:01
Assunto: Re:Análise e Votação das novas propostas

..deve ter havido algum problema na rede do Museu Nacional, pois já tinha anteriormente me manifestado a favor do sítio dos estromatólitos gigantes de Santa Rosa do Viterbo. Considero também plenamente satisfatórias as propostas dos sítios seguintes: complexo vulcânico de Nova Iguaçu, afloramento de Canoinhas e o do Lajedo de Soledade, este no Rio Grande do Norte. São sítios importantes e cujos textos devem ser preparados para sua possível inclusão no segundo volume.
Atenciosamente,
Antonio Carlos
Representante da SBP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 16 de agosto de 2006 15:31
Assunto: Proposta LAJEDO DE SOLEDADE, APODI, RN
 
Prezados colegas da SIGEP,
 
Em aditamento a email já enviado, informo que APROVO o sítio  e a descrição pelos proponentes conforme a proposta http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Lajedo_de_Soledade_Apodi_RN.htm mas que será extremamente importante contarmos com a descrição -capítulos - dos aspectos e desenvolvimento kársticos bem como das figuras e desenhos rupestres, mesmo que ultrapassemos um pouco o limite de 10 páginas do artigo.
 
Manfredo Winge
Representante da SBG
c/c PROPONENTES

De: Emanuel Teixeira de Queiroz [mailto:emanuel.queiroz@dnpm.gov.br]
Enviada em: segunda-feira, 2 de outubro de 2006 18:49
Assunto: RES: Urgente - Análise e voto das novas propostas

......

 Com relação às propostas de Sítios 1, 2 e 3, abaixo assinaladas, manifesto a minha aprovação para inclusão na SIGEP. 

[1- ESTROMATÓLITOS GIGANTES DE SANTA ROSA DE VITERBO, SP 
2- AFLORAMENTO DE CANOINHAS, KM 242 DA RODOVIA BR 280, SC
3- LAJEDO DE SOLEDADE, APODI, RN]

 ..........

 Emanuel


De: Kleberson Porpino [mailto:kleporpino@yahoo.com.br]
Enviada em: terça-feira, 15 de maio de 2007 17:38
Assunto: PropostaLejedodeSoledade

estamos na fase de acabamento da minuta do artigo sobre o sítio do Lajedo de Soledade intitulado " O Lajedo de Soledade, Apodi, RN-um peculiar depósito da megafauna do nordeste do Brasil", conforme a proposta enviada em formulário. Aproveito para informar que o autor principal é Kleberson de Oliveira Porpino, conforme a proposta enviada, e os co-autores são: Valdeci dos Santos e Maria de Fátima Cavalcante Ferreira dos Santos. A minuta do artigo deverá ser entregue para apreciação da comissão até o dia 31/05/07. Cordialmente Kleberson Porpino


AVALIAÇÃO FINAL DE PROPOSTA
DE DESCRIÇÃO DE SÍTIO GEOLÓGICO - PALEOBIOLÓGICO

Nome do Sítio:  LAJEDO DE SOLEDADE, APODI/RN
Proponentes: 
Kleberson de Oliveira Porpino; Valdeci dos Santos; Maria de Fátima Cavalcante Ferreira dos Santos

Considerando os pareceres, comentários e réplicas constantes na página da proposta, as instituições membros da SIGEP, assim se pronunciam, através de seus representantes, quanto à proposta em epígrafe

INSTITUIÇÃO REPRESENTANTE(S) PARECER
Favorável / Não favorável 
Abstenção / Não se pronunciou(aram)
Academia Brasileira de Ciências – ABC Diógenes de Almeida Campos  
Associação Brasileira de Estudos do Quaternário – ABEQUA Célia Regina de Gouveia Souza
Favorável
Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM Emanuel Teixeira de Queiroz Favorável
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis– IBAMA Ricardo José Calembo Marra  
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN Isolda dos Anjos Honnen
Carlos Fernando de Moura Delphin
Célia Maria Corsino
 
Serviço Geológico do Brasil – CPRM Carlos Schobbenhaus

Favorável

Sociedade Brasileira de Espeleologia – SBE Mylène Luíza Berbert-Born
Clayton Ferreira Lino

 

Sociedade Brasileira de Geologia – SBG Manfredo Winge
Favorável
Sociedade Brasileira de Paleontologia – SBP Antônio Carlos S. Fernandes
Favorável