SIGEP - COMISSÃO BRASILEIRA DE SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEOBIOLÓGICOS
(ABC-ABEQUA-CPRM-DNPM-IBAMA-IBGE-IPHAN-PETROBRÁS-SBE-SBGeo-SBP)
=======================

PROPOSTA DE SÍTIO GEOLÓGICO ou PALEOBIOLÓGICO DO BRASIL
A SER PRESERVADO COMO PATRIMÔNIO NATURAL DA HUMANIDADE

1. NOME do SÍTIO(*):     Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus, SP
 
(*)nome consagrado (se não existir proponha um nome conciso que indique o tipo de sítio) seguido do local e da sigla do estado
2. PROPONENTE
Nome completo:
Colombo Celso Gaeta Tassinari
Endereço p/ postagem: Rua do Lago, 562, Butantan, São Paulo, SP CEP 05508-080
Instituição: Instituto de Geociência -USP
Fax:11 3091-4295
Telefone:3091-3957
e-mail:
ccgtassi@usp.br

Endereço curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/5788186365234727

Data da proposta:  09/06 /2010

Marque a alternativa correta abaixo:
você está propondo:
X] sítio geológico/paleobiológico ainda não sugerido à SIGEP e candidatando-se à sua descrição (*);
[  ] sítio geológico/paleobiológico ainda não sugerido à SIGEP sem candidatar-se à sua descrição; 
[  ] candidatar-se à descrição (*) de sítio geológico/paleobiológico já sugerido e aprovado pela SIGEP.

(*) - o sítio deverá ser descrito em duas versões, português e em inglês, e de acordo com as Instruções aos Autores.

4. CASO tenha estudado o sítio e ESTEJA SE CANDIDATANDO A DESCREVÊ-LO com artigo científico, informe:

a) Tempo previsto para ENTREGA da MINUTA(*), após a aprovação da proposta:    3 MESES   

b) Sugestão preliminar de TÍTULO e de SUBTÍTULO de artigo sobre o sítio (*):

Lavas Almofadadas de Complexo Ofiolítico Pré-cambriano em Pirapora do Bom Jesus, SP
Evidência de atividade vulcânica formadora de crosta oceânica às margens do Rio Tietê

c) CO-AUTORES(**): ----
(*)
Consulte as Instruções aos Autores: http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm 
(**)
Autor principal é o proponente. Informar co-autores com participação efetiva nos estudos e elaboração do artigo em ordem de importância, indicando Nome Completo, Instituição, curriculum Lattes, e-mail

5. TIPOLOGIA(s) DO SÍTIO (marque com XX o tipo mais característico do sítio e com X os demais):
[   ]Astroblema                 
[   ]Estratigráfico              
[   ]História da Geologia, Mineração, Paleontologia..
[   ]Marinho-submarino  
[   ]Metamórfico                
[X]Paleoambiental           
[   ]Sedimentar                  
[   ]Outro(s):
[   ]Espeleológico  
[   ]Geomorfológico
[   ]Hidrogeológico (somente casos especiais e com outra tipologia significativa associada)
[XX]Ígneo
[   ]Metalogenético
[   ]Mineralógico
[   ]Paleontológico
[   ]Tectono-estrutural

Observação: [   ] Inclui vestígios arqueológicos  -  [   ] Interesse Histórico/Cultural

6. LOCALIZAÇÃO
a. Município(s)/UF:
Pirapora do Bom Jesus / SP
b. Nome do local:
c. Coordenadas geográficas (Lat/Long) do centróide da área do sítio: 
23o 23' 02" S - 47o 03' 21" W  
7. JUSTIFICATIVAS(*):

Este afloramento constitui parte integrante de um conjunto de afloramentos de rochas máficas,  que representa um complexo ofiolítico pré-cambriano com a estratigrafia da crosta oceânica quase completa. O afloramento em questão representa a camada superior da crosta oceânica, contendo as pillow lavas bem preservadas em um corte de fácil acesso, através de rua asfaltada e situado em frente a uma escola de primeiro e segundo grau. O afloramento em questão situa-se próximo a outros afloramentos que compõe as outras camadas da crosta oceânica, como gabros e basaltos e das rochas que foram cavalgadas pelo ofiolito, que constituem as rochas metamórficas de baixo grau do Grupo São Roque. Este fato pode permitir inclusive a elaboração de um roteiro geológico na região.

Portanto trata-se de um afloramento raro, situado em zona urbana de acesso fácil, a 40 km da cidade de São Paulo e que merece ser preservado.

(*)para a inclusão como PATRIMÔNIO MUNDIAL DA HUMANIDADE - máximo de 150 palavras

8. BREVE DESCRIÇÃO DO SÍTIO(*):

            O proposto sítio geológico “Lavas Almofadas (Pillow Lavas) de Pirapora do Bom Jesus, tem como de destaque exposição em área urbana da referida cidade, sendo essas evidências raras de atividade vulcânica subaquosa relativamente ainda preservadas, apesar da ação do intemperismo sobre o corte realizado para abertura da rua (figuras 1 e 2).
            Essas estruturas globulares, de diâmetros de por volta um metro, formaram-se pelo rápido resfriamento das bordas das lavas que saiam de aberturas do fundo da bacia sedimentar. Como o material no interior dos lobos se mantinha ainda pastoso, era empurrado e rompia a crosta previamente endurecida, formando novos e sucessivos glóbulos, que dão o aspecto almofadado ao conjunto.
            Estudos desenvolvidos por professores do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (IGc-USP) conduzem a duas hipóteses. Uma, da profa Magda Bergman, em sua dissertação de mestrado, é a de que as rochas basálticas formaram um edifício vulcânico, ao redor do qual formaram-se estruturas recifais semelhantes aos atuais atóis. Essas estruturas estariam preservadas nos afloramentos de calcário que são lavrados na região.
            Outra hipótese, mais recente, é a do proponente do sítio geológico, publicada na revista Epsiodes de 2001, segundo o qual, essa atividade vulcânica representaria um fundo oceânico antigo, formado no final do Mesoproterozóico ou início do Neoproterozóico, constituindo o topo de uma crosta oceânica. Essas rochas vulcânicas seriam representativas de um ofiolito, estando posicionado sobre rochas metamórficas de baixo grau, estando sobre os calcários por ação de cisalhamento e o contato entre essas rochas seria tectônico.
            A região de Pirapora do Bom Jesus, às margens do rio Tietê, juntamente com a cidade de Santana do Paranaíba, era antiga rota dos Bandeirantes, que seguiam a pé até Porto Feliz onde, o rio Tietê não apresenta mais as corredeiras e saltos que caracterizam sua passagem pela região serrana. A partir de Porto Feliz, os bandeirantes seguiam interior adentro, rumo a Mato Grosso Uno, onde descobriram ouro na região atualmente de Cuiabá.
            Historicamente, a região de Pirapora do Bom Jesus passou a receber grande número de visitantes, após ter sido achada uma imagem de Jesus nas corredeiras do rio Tietê, em 1725. Tido como milagreiro, o vilarejo passou a receber inúmeros romeiros, que vinham juntos com seus escravos. A reunião de grande número de pessoas, deu início aos batuques, considerados como o início do samba paulista, marcado pelo uso do bumbo e samba de roda, motivo de estudo de Mário de Andrade, por volta de 1930, que denominou o samba ali tocado até hoje de “Samba Rural Paulista”.
            A hoje cidade de Pirapora do Bom Jesus continua recebendo muitos visitantes, estimado em 200 mil por ano, segundo consta da
página da Prefeitura Municipal da cidade na internet e, além de seus aspectos culturais e religiosos, apresenta potencial para desenvolvimento do geoturismo.

Figura 1 - Afloramento das estruturas de lavas almofadas, conhecidas como “pillow –lavas”, notar as formas globulares de tamanho métricos originadas pelo rápido resfriamento das bordas das massas de lavas incandescentes em contato com a água.

Figura 2 - Local de exposição das estruturas de lavas almofadadas onde a Prefeitura Municipal de Pirapora do Bom Jesus pretende criar uma praça municipal (praça geológica).

(*)Máximo de 1.000 palavras. Anexar ao e-mail até 2 fotos (máximo 500 kbytes cada) significativas do sítio e, se disponíveis, links ou até capítulo de tese ou de artigo do proponente sobre o sítio

9. VULNERABILIDADE DO SÍTIO A ATIVIDADES DE MINERAÇÃO OU DEGRADAÇÃO AMBIENTAL(*):

O afloramento constitui-se num corte em área já urbanizada em lote cuja área a Prefeitura Municipal pretende criar uma praça pública, mas com preservação das estruturas geológicas. A rocha já se encontra em estágio adiantado de intemperismo físico, o que requer rápida intervenção arquitetônica, no sentido de se diminuir a atividade intempérica, com a cobertura do afloramento

(*)Caso o sítio esteja sob riscos iminentes ou já existentes de depredação ou de destruição natural, informe sucintamente quais são e as causas

10. SITUAÇÃO ATUAL DE CONSERVAÇÃO E ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELA PROTEÇÃO:

 A área não se encontra sob nenhuma forma de proteção. O prefeito e secretário de turismo foram sensibilizados sobre a importância da ocorrência e estão se organizando para que o local seja transformado em uma praça, já que se encontra em um área urbana.

11. BIBLIOGRAFIA REFERENTE AO SÍTIO PROPOSTO ORDENADA POR DATA(*):

Bergman, M. 1988. Caracterização Estratigráfica e Estrutural da Seqüência Vulcano-Sedimentar do Grupo São Roque, na região de Pirapora do Bom Jesus, Estado de São Paulo. Dissertação de mestrado, Instituto de Geociências, USP, 166 p.
Figueiredo, M.C.H.; Bergman, M.; Penalva, F.; Tassinari, C.C.G. 1982. Ocorrência de “pillow lavas”no Grupo São Roque, Estado de São Paulo. Ciências da Terra, 2:6-8.
Tassinari, C. C.G.; Munhá, J.M.U.; Ribeiro, A.; Correia, C.T. 2001. Neoproterozoic oceans in the Riberia Belt (southeastern Brazil): the Pirapora do Bom Jesus ophiolitic complex. Espisode 24(4): 245-251.

(*)assinalar em destaque trabalhos dos candidatos a autor e co-autor

12. FOTO E SINOPSE DO CURRICULUM VITAE DO(S) CANDIDATO(S) A AUTOR(ES)(*):

Colombo Celso Gaeta Tassinari - Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1A - Possui graduação em Geologia pela Universidade de São Paulo (1975), mestrado em Geociências (Mineralogia e Petrologia) pela Universidade de São Paulo (1981) e doutorado em Geoquimica e Geotectônica pela Universidade de São Paulo (1988). Atualmente é prof. titular da Universidade de São Paulo e diretor do Instituto de Geociências da USP. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia Isotópica, atuando principalmente nos seguintes temas:Geoquimica Isotópica aplicada a metalogenese, tectonica e geologia regional. Pertence a Academia Brasileira de Ciências, como membro titular e a Academia de Ciências de Lisboa, como membro correspondente estrangeiro. Coordena o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Técnicas Analíticas Aplicadas a Exploração de Petróleo e Gas.

(*)Sinopse do(s) currículo(s) do(s) candidato(s) a autor(es) que efetivamente participaram das pesquisas. Cada "minicurrículo" deverá ter no máximo 120 palavras e ser acompanhado de fotografia pequena tipo 3x4. Constituirá apêndice do artigo se a candidatura for aprovada e o artigo aceito para publicação.

RESERVADO À SIGEP:
DATA APROVAÇÃO DA PROPOSTA:  07/07/10        -   MINUTA PREVISTA PARA:      07/10/10     

De:
Enviada em: sexta-feira, 11 de junho de 2010 20:23
Para:
Assunto: Nova proposta de sítio geológico DISPONIBILIZADA: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP

 Prezado colega geocientista,
formulada nova proposta de sítio geológico candidato a Patrimônio Natural da Humanidade:

Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus, SP

Proponente:  Colombo Celso Gaeta Tassinari

http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Lavas_almofadadas_Pirapora_Bom_Jesus_SP.htm

A SIGEP (*) aguarda seus comentários, a favor ou contra, críticas e sugestões a esta proposta (**).
Comissão Editorial da SIGEP
-------------------------------------------------------------------------------------------

 (*)       A Comissão multi-institucional SIGEP (http://www.unb.br/ig/sigep/) objetiva o inventário de sítios geológicos e paleobiológicos do Brasil que,  por características especiais, devam ser preservados ou conservados e a sua publicação, tanto na Internet quanto em livro, na forma de artigos científicos. 
Em cada artigo, alem dos tópicos descritivos do sítio, são indicadas e sugeridas medidas de proteção do sítio a ser preservado, de forma sustentável se possívelc, como Patrimônio Natural para fins científicos, didáticos, culturais, eco-geoturísticos.  
A partir dessa base de dados, disponibilizada em livros e na Internet, em português e em inglês, serão selecionados sítios a serem propostos à UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade
Este cadastro corresponde, na realidade, a um 
"open ended file" como pode ser visto na lista de propostas elaboradas por geocientistas que se comprometeram com a descrição dos sítios e já aprovadas (ver em http://www.unb.br/ig/sigep/quadro.htm ). Nesse mesmo endereço, acessa-se também uma lista de SÍTIOS APROVADOS PELA SIGEP E AGUARDANDO PROPOSTAS DE AUTORES QUE TENHAM DESENVOLVIDO TESE OU PESQUISAS NA ÁREA DO SÍTIO. Além dessas propostas aprovadas, sugestões de mais sítios vem sendo sistematicamente submetidas à SIGEP via formulário padrão de acordo com os princípios definidos em: http://www.unb.br/ig/sigep/formulario.htm 
Os sítios já registrados e publicados podem ser acessados em http://www.unb.br/ig/sigep/sitios.htm . ou via
MAPA ÍNDEX DO BRASIL: http://www.unb.br/ig/sigep/mapindex/mapindex.htm
Descrições em linguagem popular tem sido estimuladas com vistas à ampla divulgação das geociências e, especificamente, de uma visão preservacionista; elas podem ser encontradas em:  http://www.unb.br/ig/sigep/apresenta.htm#Boa_leitura
= = = = = =
(**)  Propostas de sítios brasileiros e de sua descrição científica sistematizada, com vistas a compor base de dados de nossos MONUMENTOS GEOLÓGICOS, vem sendo submetidas através de formulário padronizado.
Tais propostas são disponibilizadas na Internet  para conhecimento e avaliação, não só por parte dos membros da  comissão SIGEP mas, tambem, da comunidade geocientífica em geral.
Comentários, a favor e contra, sugestões e críticas pertinentes, juntamente com as réplicas e tréplicas, são veiculadas tambem na mesma página da proposta.
    Ver outras propostas em estudo  http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/  
    A SIGEP está recebendo, também, SUGESTÕES EM CARÁTER PRELIMINAR de sítio(s) que o colega julgue que deva ser preservado como monumento geológico, mesmo que no momento não tenha realizado pesquisas suficientes para assumir o compromisso de sua descrição com artigo científico. 
Antes de propor qualquer novo sítio, entretanto, veja se ele atende aos pré-requisitos definidos na página de acesso ao formulário. Veja também se ele já não foi elencado em:
SUGESTÕES PRELIMINARES
PROPOSTAS CANCELADAS
PROPOSTAS EM ESTUDO
PROPOSTAS APROVADAS
SÍTIOS PUBLICADOS
**Favor divulgar em sua lista de geocientistas**


COMENTÁRIOS, CRÍTICAS E SUGESTÕES DA SIGEP
E DA COMUNIDADE GEOCIENTÍFICA
E RÉPLICAS DO PROPONENTE


De: acsfernandes@pq.cnpq.br [mailto:acsfernandes@pq.cnpq.br]
Enviada em: domingo, 13 de junho de 2010 06:55
Para: SIGEP
Cc: Colombo Celso Gaeta Tassinari;
Assunto: Re: DISPONIBILIZADA proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do BomJesus-SP

Prezados colegas da SIGEP,
vejo a proposta como um sítio interessante de ser descrito e compor um capítulo da obra da Comissão. O acesso fácil permite sua visitação por estudantes podendo ser utilizado por docentes em suas atividades didáticas para visualização de lavas almofadadas pré-cambrianas. Entretanto, é preciso solicitar da prefeitura um compromisso de preservação do local.
Sou a favor da aprovação da proposta.
Abraços,
Antonio Carlos S. Fernandes
(representante da SBP na SIGEP)


De: ccgtassi@usp.br [mailto:ccgtassi@usp.br]
Enviada em: domingo, 13 de junho de 2010 11:01
Para: SIGEP
Assunto: Res: Re: DISPONIBILIZADA proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP

 Prezados colegas
Ja estamos em contato com a prefeitura local para fazermos uma parceria USP - Prefeitura visando  a construcao de uma praca no local, cobertura do afloramento e elaboracao de placas explicativas.
Abs
Colombo Tassinari


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: domingo, 13 de junho de 2010 16:01
Para: SIGEP
Cc: Colombo Celso Gaeta Tassinari (ccgtassi@usp.br)
Assunto: VOTO DA SBG - proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP

 Prezados colegas,
esta é, sem dúvida, uma proposta de grande interesse didático além de importante registro da história geológica do País e que pede, além do artigo científico segundo o padrão SIGEP, uma versão de cunho popular para disponibilização na Internet e no futuro, se a SIGEP assim decidir, publicada em livro com vários outros artigos de sítios geológicos/paleobiológicos inventariados para ampla divulgação junto à sociedade em geral.
Apesar de aparentemente ser um afloramento de limitada extensão, ele está muito bem exposto com belas feições de “pillow lavas” segundo a foto da fig 1, o que facilita a limitação da área de sítio geológico a ser preservado.
É muito interessante o projeto de convênio USP-Prefeitura de delimitação de “praça geológica” apresentando placas explicativas com claras explicações sobre a origem e evolução do sítio para a comunidade, em geral, e aos estudantes e interessados em geologia, em especial.
O nosso voto como representante da SBG é FAVORÁVEL à PROPOSTA.
Cordiais saudações
Manfredo
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP


De: william sallun filho [mailto:wsallun@gmail.com]
Enviada em: domingo, 13 de junho de 2010 16:08
Para: SIGEP
Cc: Colombo Celso Gaeta Tassinari
Assunto: Re: VOTO DA SBG - proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP

 Caros colegas
Sou FAVORÁVEL a proposta.
Conheço local e são necesárias ações de preservação urgentes. Como o Colombo já sinalizou a parceira da prefeitura deve ser o caminho. Uma placa também poderia ser instalada. Já estava mais do que na hora de alguém propor este sítio.Parabéns ao autor pela iniciativa.
William Sallun Filho
(representante da SBE na SIGEP)


De: Carlos Schobbenhaus [mailto:schobben@df.cprm.gov.br]
Enviada em: segunda-feira, 14 de junho de 2010 13:44
Para:
Cc: Colombo Celso Gaeta Tassinari
Assunto: Re: VOTO DA SBG - proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP
Prezados (as)  colegas,
Meu voto é favorável à proposta.
Carlos Schobbenhaus
Membro da CPRM na SIGEP


De: Emanuel Teixeira de Queiroz [mailto:Emanuel.Queiroz@dnpm.gov.br]
Enviada em: segunda-feira, 14 de junho de 2010 19:34
Para:
Assunto: ENC: VOTO DA SBG - proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP

 Colegas da SIGEP,
Concordo pela aprovação da proposta do sítio “Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus/SP” apresentada pelo Prof. Tassinari. A idéia de levar ao conhecimento da Prefeitura da cidade foi muito importante já que o principal afloramento, representativo desse evento ígneo, situa-se em corte da rodovia, na entrada da cidade, e, de certa forma, não deixa de ser área vulnerável. Portanto, as autoridades municipais devem ser envolvidas para que possam ser tomadas, de imediato, as necessárias  Medidas de Proteção.
Emanuel Teixeira de Queiroz
Membro do DNPM na SIGEP


De: Celia Regina de Gouveia Souza [mailto:celiagouveia@gmail.com]
Enviada em: terça-feira, 15 de junho de 2010 11:12
Para:
Cc:  Colombo Celso Gaeta Tassinari
Assunto: Re: VOTO DA SBG - proposta de sítio geológico: Lavas almofadadas de Pirapora do Bom Jesus-SP

Manfredo e demais colegas,
Aprovo a ;proposta do sítio. A área é bem interessante (conheço) e mesmo em exposição reduzida e ameaças de conservação, vale a pena.
Celia
ABEQUA


De: ricardolatge@petrobras.com.br [mailto:ricardolatge@petrobras.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 7 de julho de 2010 15:41
Assunto: Enc: PROPOSTA - Sítio Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus (SP)....

Manfredo
Fiz minhas consultas aqui na Petrobras, pois como havia comentado contigo, não entendo do assunto. Tanto o Almério como a Ana Lucia Araújo concordam que são, de fato, exemplo de pillow lavas "feições arredondadas por vezes com feições de lobo com mateiral mais fino no meio, provavelmente vidro", segundo a Ana. Recebi inclusive esta bela foto tirada pelo Almério na Islândia - paraíso das pillow lavas
Voto portanto favoravelmente a proposta de inclusão do Sítio Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus (SP).
Saudações
Ricardo
Representante da Petrobras

De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 7 de julho de 2010 18:57
Para: Colombo Celso Gaeta Tassinari (ccgtassi@usp.br)
Cc: SIGEP
Assunto: Proposta Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus, SP - APROVADA
Prioridade: Alta

 

REF - Sítio:   Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus, SP
 Proponente:  Colombo Celso Gaeta Tassinari
 Prezado colega Colombo, 
seguindo as normas da SIGEP, comunicamos, com satisfação, que a sua proposta de registro de sítio geológico com compromisso de descrição foi aprovada.
Assim, o sítio "
Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus, SP ", passa a ser relacionado na lista de sítios aprovados e com autores comprometidos com a sua descrição que pode ser acessada em: http://www.unb.br/ig/sigep/quadro.htm.
Isto considerado, solicitamos confirmar se a data mais provável de submissão (*) do artigo é a que consta na página da proposta. O artigo científico, uma vez aprovado juntamente com o elenco de recomendações de vocês para a preservação/conservação como patrimônio geológico, registrará em definitivo o sítio no inventário da SIGEP através de publicação na Internet e, futuramente, como um capítulo, em volume de SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL da SIGEP.
Qualquer dúvida a respeito favor nos contactar,
cordiais saudações
Manfredo
p/corpo editorial
c/c SIGEP
Manfredo Winge
Representante da SBG

(*) Observações sobre as Instruções  para os autores
A elaboração da minuta do artigo deve seguir as instruções para os autores (*http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm *) e considerar as sugestões e recomendações eventualmente apresentadas pela comunidade geocientífica e pelos membros da SIGEP na página Internet da proposta em questão.
Solicitamos leitura atenta das instruções aos autores e destacamos alguns pontos importantes:
- o roteiro básico do artigo (itens principais) deve ser seguido visto que organiza as informações facilitando o seu acesso;
- enviar o texto em Word em uma coluna só, mas já no formato geral especificado e tipos de letras determinados (faremos a editoração final do pre print em duas colunas após a revisão final e aprovação do artigo);
- atentar para a escolha adequada de título e subtítulo para o artigo, concisos mas que deem clara idéia do sítio descrito e de sua tipologia principal, ou seja, podem ser mudados os títulos sugeridos na proposta se julgado pertinente;
- a elaboração da versão em inglês é recomendável e até obrigatória para a divulgação internacional de nosso patrimônio geológico; ela  somente deve ser encaminhada depois do artigo ser aprovado;
- a elaboração de versão popular (com linguagem acessível e vibrante) do artigo para a divulgação de nossos sítios junto à sociedade em geral é considerada de grande relevância para a divulgação das geociências;
- é recomendável o uso de uma (ou duas) foto significativa e bonita (Fig. 1) em página inteira, com ou sem encarte, que retrate da melhor forma possível o sítio nas primeiras páginas do artigo;
- rigorosa seleção das figuras e fotos em termos de qualidade e significância, evitando repetições;
- todas as figuras e fotos, com ótima resolução e QUALIDADE a melhor possível, deverão ser enviadas em arquivos separados logo após a aprovação do artigo; entretanto, sugerimos que as figuras incluídas inicialmente no texto da minuta tenham resolução rebaixada (~ 100 dpi; largura maior 170mm) para evitar, nesta fase inicial, arquivos muito grandes na internet;
- se ainda não foi encaminhado na proposta, providenciar minicurrículo (até 120 palavras) e uma foto  tipo 3x4 de cada  um dos autores ;
- desdobrar, na medida do possível, o capítulo MEDIDAS DE PROTEÇÃO nos ítens indicados;
- sobre o capítulo SINOPSE SOBRE A ORIGEM, EVOLUÇÃO GEOLÓGICA E IMPORTÂNCIA DO SÍTIO: deve ser conciso e, na medida do possível, de linguagem acessível a não especialistas. O seu objetivo é apresentar, em um único local do artigo, uma síntese da história geológica pondo em destaque os eventos geológicos, paleobiológicos, paleoclimáticos, geotectônicos..., de preferência cronologicamente organizados, que estiveram ligados à formação e à evolução do sítio até a sua presente ocorrência. Uma certa redundância até poderá ocorrer com relação a aspectos apresentados com mais detalhe em outros ítens como o da DESCRIÇÃO DO SÍTIO, mas aqui devem ser abordados de forma enxuta/concisa e organizada (sinóptica) que enfatize os fenômenos evolutivos que sejam relevantes em qualquer dimensão e conceito (físico/químico, micro a macro até de tectônica global se for o caso).  Estima-se que para este ítem seja suficiente uma página de texto (sem contar eventuais figuras adicionais inseridas) mas, conforme a complexidade evolutiva, poderá se ter até duas páginas, finalizando-se com um parágrafo que, também de forma concisa, indique claramente o porquê da importância extraordinária do sítio.
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=


AVALIAÇÃO DE PROPOSTA
DE DESCRIÇÃO DE SÍTIO GEOLÓGICO - PALEOBIOLÓGICO

Nome do Sítio:   Lavas Almofadadas de Pirapora do Bom Jesus (SP)
Proponentes:
 Colombo Celso Gaeta Tassinari

Considerando os pareceres, comentários e réplicas constantes na página da proposta, as instituições membros da SIGEP, assim se pronunciam, através de seus representantes, quanto à proposta em epígrafe. 

INSTITUIÇÃO
PARECER
Favorável
Não favorável 
Abstenção
Restrições/Exigências
Academia Brasileira de Ciências – ABC Abstenção
Associação Brasileira de Estudos do Quaternário – ABEQUA

Favorável

Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM

Favorável

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE Abstenção
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis– IBAMA Abstenção
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN Abstenção
Petróleo Brasileiro SA - PETROBRAS

Favorável

Serviço Geológico do Brasil – CPRM

Favorável

Sociedade Brasileira de Espeleologia – SBE

Favorável

Sociedade Brasileira de Geologia – SBG

Favorável

Sociedade Brasileira de Paleontologia – SBP

Favorável