SIGEP - COMISSÃO BRASILEIRA DE SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEOBIOLÓGICOS
(ABC-ABEQUA-CPRM-DNPM-IBAMA-IBGE-IPHAN-PETROBRÁS-SBE-SBGeo-SBP)
=======================

PROPOSTA DE SÍTIO GEOLÓGICO ou PALEOBIOLÓGICO DO BRASIL
A SER PRESERVADO COMO PATRIMÔNIO NATURAL DA HUMANIDADE

1.      NOME do SÍTIO(*):  Paleotoca de Cristal, RS.

2. PROPONENTE
Nome completo: Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann
Endereço p/ postagem: Praça Infante Don Henrique, s/n – São Vicente – SP 11330-900
Instituição: Universidade Estadual Paulista - UNESP
Fax:
(13) 3569-9446
Telefone:
(13) 3569-9418
e-mail: paleonchico@yahoo.com.br
Endereço curriculum Lattes:
http://lattes.cnpq.br/5016820327607647

Marque a alternativa correta abaixo:
você está propondo:
[ X ] sítio geológico/paleobiológico ainda não sugerido à SIGEP e candidatando-se à sua descrição (*);
[  ] sítio geológico/paleobiológico ainda não sugerido à SIGEP sem candidatar-se à sua descrição; 
[  ] candidatar-se à descrição (*) de sítio geológico/paleobiológico já aprovado pela SIGEP.
(*) -
o sítio deverá ser descrito em duas versões, português e em inglês, e de acordo com as Instruções aos Autores.

Data da proposta: 01 / 07 / 2008

4. CASO TENHA ESTUDADO O SÍTIO e esteja se candidatando a descrevê-lo com artigo científico, informe:

a) TEMPO PREVISTO para entrega da MINUTA(*), APÓS APROVAÇÃO da PROPOSTA:      1 mes   
b) SUGESTÃO PRELIMINAR DE TÍTULO E SUBTÍTULO DE ARTIGO SOBRE O SÍTIO(*):
Paleotoca de Cristal, RS.
Registro da atividade fossorial de mamíferos gigantes extintos.

b) CO-AUTORES(*):

Renato Pereira Lopes, Fundação Zoobotânica do RS - Seção de Paleontologia - Museu de Ciências Naturais. Rua Dr. Salvador França, 1427, 90690-000, Porto Alegre, RS. paleonto_furg@yahoo.com.br

Felipe Caron, Programa de Pós Graduação em Geociências - Instituto de Geociências – UFRGS. Av: Bento Gonçalves, 9500, Prédio 43113, Agronomia, 91509-900, Porto Alegre, RS. caronfelipe@yahoo.com

5. TIPOLOGIA DO SÍTIO (marque com X os tipos e com XX o tipo mais característico do sítio):

[   ]Astroblema                 
[   ]Estratigráfico              
[   ]História da Geologia, Mineração, Paleontologia..
[   ]Marinho-submarino  
[   ]Metamórfico                
[   ]Paleoambiental           
[   ]Sedimentar                  
[   ]Outro(s):

[   ]Espeleológico  
[   ]Geomorfológico
[   ]Hidrogeológico

[   ]Ígneo
[   ]Metalogenético
[   ]Mineralógico
[XX]Paleontológico
[   ]Tectono-estrutural

Observação: [   ] Inclui vestígios arqueológicos  -  [   ] Interesse Histórico/Cultural

6. LOCALIZAÇÃO
a. Município(s)/UF: Cristal / RS
2. Nome do local: Paleotoca de Cristal
3. Coordenadas geográficas (Lat/Long) do centróide da área do sítio: 

          
Latitude: 30o 59' 38" S - Longitude: 46o 02' 40" W

7. JUSTIFICATIVAS:

Este é o único registro no Brasil e segundo registro no mundo de estrutura de bioerosão continental, atribuído a mamíferos gigantes fossoriais. Embora existam diversas crotovinas (paleotocas preenchidas por sedimentos), esta paleotoca apresenta-se desobstruída e extremamente bem preservada.

8. BREVE DESCRIÇÃO DO SÍTIO:

Paleotocas são túneis atribuídos a mamíferos gigantes extintos. Essas estruturas são encontradas em diversos locais do sudeste e sul do Brasil, ocorrendo em diferentes tipos de substratos, desobstruídas (paleotocas) ou preenchidas por sedimentos (crotovinas). A paleotoca encontrada no Município de Cristal (RS) foi escavada nos depósitos de leques aluviais e possui comprimento de 33m (com uma pequena ramificação de 3,5m), largura variável entre 0,70 e 2,13m e altura entre 0,55 e 1,18m, marcas de garras e impressões da carapaça podem ser vistas ao longo da superfície interna da galeria. As dimensões da estrutura, as marcas de escavação e de osteodermos presentes ao longo das paredes da paleotoca, sugerem que tenha sido produzida por um xenartro dasipodídeo, que compreende os tatus.

[Ver artigo submetido com fotos:
ICNOFÓSSEIS (PALEOTOCAS E CROTOVINAS) ATRIBUÍDOS A MAMÍFEROS EXTINTOS NO SUDESTE E SUL DO BRASIL

9. VULNERABILIDADE DO SÍTIO A ATIVIDADES DE MINERAÇÃO OU DEGRADAÇÃO AMBIENTAL

A Paleotoca de Cristal fica no talude de um restaurante, sem proteção, e de fácil acesso.

10. SITUAÇÃO ATUAL DE CONSERVAÇÃO E ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELA PROTEÇÃO:

Não existe nenhuma medida de conservação da Paleotoca de Cristal.

Pretende-se conversar com o responsável pelo restaurante (onde fica o talude) e com a prefeitura do município de Cristal afim de preservar este afloramento, com a divulgação de painéis e instalação de grade de proteção.

11. BIBLIOGRAFIA REFERENTE AO SÍTIO PROPOSTO:

Buchmann, F. S. C.; Caron, F; Lopes, R. P. & Tomazelli, L. J. 2003. Traços fósseis (paleotocas e crotovinas) da megafauna extinta no Rio Grande do Sul, Brasil: IN: 9o Congresso da ABEQUA - Associação Brasileira de Estudos do Quaternário, Recife, PE, Anais ... 177.pdf, cd-room.

Buchmann, F. S. C.; Lopes, R. P & Caron, F. 2008. Paleotocas de mamíferos extintos no sudeste e sul do Brasil. VI SIMPÓSIO Brasileiro de Paleontologia de Vertebrados, Ribeirão Preto, SP, Boletim de Resumos, 56-57.

Buchmann, F. S. C.; Lopes, R. P & Caron, F. Icnofósseis (paleotocas e crotovinas) atribuídos a mamíferos extintos no sudeste e sul do Brasil. Revista Brasileira de Paleontologia (submetido).

12. FOTO E SINOPSE DO CURRICULUM VITAE DOS CANDIDATOS A AUTORES:

 

 

Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann - Graduado em Oceanologia (1994) pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Fez Mestrado (1997) e Doutorado (2002) em Geociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), área de concentração em Geologia Marinha vinculadas ao projeto “Paleontologia do Quaternário Costeiro”. Foi professor das disciplinas de Introdução à Estratigrafia e Paleontologia, Paleontologia Geral e Geologia do Quaternário na FURG. Atualmente é professor de Geologia, Paleontologia, Geomorfologia Costeira e Paleoceanografia na Universidade Estadual de São Paulo (UNESP). Na área continental estuda paleotocas de mamiferos gigantes extintos.

 

 

 

Renato Pereira Lopes - Graduado em Geografia (2006) pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), onde desenvolveu atividades de ensino em Paleontologia e Geologia e pesquisas em Paleontologia e Estratigrafia vinculadas ao projeto “Paleontologia do Quaternário Costeiro”, enfocando os depósitos fossilíferos situados na porção da costa gaúcha ao sul da Lagoa dos Patos. Atualmente é mestrando em Geociências, com ênfase em Paleontologia de Vertebrados, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

 

 

 

 

 

Felipe Caron - Graduado em Oceanologia (2004) pela Universidade Federal do Rio Grande (FURG), mestrado (2007) em Geociências pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), área de concentração em Geologia Marinha. Tem experiência na área de Oceanografia Geológica, atuando principalmente nos seguintes temas: oceanografia, estratigrafia, paleogeografia e dinâmica costeira. Atualmente é doutorando em Geociências, com ênfase em Geologia Marinha, pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

RESERVADO À SIGEP:
DATA APROVAÇÃO DA PROPOSTA:   1/08/08         -   MINUTA PREVISTA PARA:  31/08/08       

COMENTÁRIOS, CRÍTICAS E SUGESTÕES DA SIGEP
E DA COMUNIDADE GEOCIENTÍFICA
E RÉPLICAS DO PROPONENTE


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 10 de julho de 2008 16:50
Para: Felipe Caron (felipecaron@yahoo.com.br); Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann (paleonchico@yahoo.com.br); Renato Pereira Lopes (paleonto_furg@yahoo.com.br)
Assunto: RES: Proposta Paleotoca de Cristal, RS - Recebida e DISPONIBILIZADA
 
Prezados Francisco, Renato e Felipe,
 
recebemos, com satisfação, a interessane proposta de sítio Paleotoca de Cristal, RS encaminhada para esta Comissão.
 Seguindo a metodologia da SIGEP, essa proposta está disponibilizada na Internet para apreciação da Comissão SIGEP e da comunidade geocientífica, sendo que comentários, críticas, sugestões e réplicas, se relevantes, serão disponibilizados nessa mesma página:
 
Ver  http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Paleotoca_de_Cristal_RS.htm 
  
Cordiais saudações
Manfredo
p/ SIGEP
 
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP:
Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos do Brasil

De: fernande [mailto:fernande@acd.ufrj.br]
Enviada em: quinta-feira, 10 de julho de 2008 17:00
Para: Manfredo Winge; Felipe Caron; Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann; Renato Pereira Lopes
Assunto: Re: RES: Proposta Paleotoca de Cristal, RS - Recebida e DISPONIBILIZADA

Prezados colegas,
não poderia deixar de ser favorável à proposta apresentada, já que são poucas as informações sobre icnofósseis deste tipo no Brasil. Além de ser muito interessante, o sítio a ser descrito me parece ser de fácil acesso para observação e outros estudos. Gostei do trabalho em anexo, mas recomendaria aos autores a apresentação de uma foto mais panorâmica do sítio proposto, bem como fotos melhores e mais claras das tocas a serem descritas. É recomendável, também procurar garantias de preservação do local. Aguardo o texto final para leitura.

Abraços,
Antonio Carlos S. Fernandes (Representante da SBP na SIGEP)


De: Celia Regina de Gouveia Souza [mailto:celia@igeologico.sp.gov.br]
Enviada em: quinta-feira, 10 de julho de 2008 19:18
Cc: Felipe Caron; Francisco Sekiguchi de CarvalhoBuchmann; Renato Pereira Lopes
Assunto: Re: RES: Proposta Paleotoca de Cristal, RS - Recebida e DISPONIBILIZADA

Colegas,
Aprovo o sítio, pois é muito interessante. No entanto, seria urgente a garantia de preservação do mesmo por parte do proprietário do restaurante e da prefeitura municipal (de preferência antes do envio do texto, pois pelo visto a sua vulnerabiliade é alta).
Celia
Representante da ABEQUA


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 11 de julho de 2008 16:03
Cc: Felipe Caron (felipecaron@yahoo.com.br); Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann (paleonchico@yahoo.com.br); Renato Pereira Lopes (paleonto_furg@yahoo.com.br)
Assunto: ENC: RES: Proposta Paleotoca de Cristal, RS - Recebida e DISPONIBILIZADA
 
Caros colegas da SIGEP,
 estou de pleno acordo com os pareceres dos colegas Antônio Carlos (SBP) e Célia (ABEQUA), pois são raros os registro de icnofósseis com tais características de grutas e este parece ser excepcional.
 
O voto da SBGeo é FAVORÁVEL.
Manfredo Winge
Representante da SBGeo na SIGEP
2008 - ANO INTERNACIONAL DO PLANETA TERRA - AIPT
Clique abaixo e visite: 
SIGEP_Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos

De: Carlos Schobbenhaus [mailto:schobben@df.cprm.gov.br]
Enviada em: terça-feira, 15 de julho de 2008 15:27
Assunto: Re: Voto da CPRM
Meus votos:
 
PALEOTOCA DE CRISTAL, RS
Sigo os votos de Manfredo, Antônio Carlos e Célia. Sugiro aos autores incluir no trabalho uma reprodução do possivel animal que produziu o icnofóssil em questão.
 ..........................

De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: terça-feira, 29 de julho de 2008 09:42
Para:
Assunto: SIGEP - NOVAS PROPOSTAS (RS e AM)
 
Prezado colega geocientista, 
 
veja e avalie as novas propostas de sítios geológicos candidato a Patrimônio Natural da Humanidade 
 
Nome do Sítio:   Paleotoca de Cristal, RS:
Proponentes: Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann; Renato Pereira Lopes; Felipe Caron
ver em:  http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Paleotoca_de_Cristal_RS.htm
 
Nome do Sítio:   Ponta das Lajes, AM (substitui a proposta Encontro das Águas, AM):
Proponentes: Elena Franzinelli; Hailton Igreja
ver em:  http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Ponta_das_Lajes_AM.htm
 
 
A SIGEP (*) aguarda seus comentários, críticas e sugestões adicionais às propostas formuladas.
 
Propostas de sítios brasileiros e de sua descrição científica sistematizada, com vistas a compor base de dados de nossos MONUMENTOS GEOLÓGICOS, vem sendo submetidas através de formulário padronizado por geocientistas que estudaram o sítio (http://www.unb.br/ig/sigep/formulario.htm).

Tais propostas são disponibilizadas na Internet  para conhecimento e avaliação, não só por parte dos membros da  comissão SIGEP mas, tambem, da comunidade geocientífica em geral. Comentários, a favor e contra, sugestões e críticas pertinentes, juntamente com as réplicas e tréplicas, são veiculadas tambem na mesma página da proposta. 
 
Propostas já aprovadas, mas carecendo de autores para descrever os sítios, podem ser vistas no quadro:
http://www.unb.br/ig/sigep/quadro.htm#2.  
Se você estudou algum desses geossítios ou tenha outro - também excepcionalmente importante - a propor e esteja interessado em preparar artigo descrevendo-o para ser publicado, acesse a página  d o formulário citado e  preencha-o de acordo com os pré-requisitos e instruções  e nos encaminhe por e-mail.   
 
======================
 
(*) A SIGEP é uma comissão multi-institucional que objetiva o cadastro de sítios geológicos e paleobiológicos a serem preservados como PATRIMÔNIO GEOLÓGICO DO BRASIL e a sua publicação na forma de artigos científicos que incluem recomendações de preservação /geoconservação  desses sítios.  Essa base de dados, montada a partir da interação com a comunidade geocientífica do Brasil, disponibilizada em livros e na Internet, em portugues e em inglês, servirá também para a seleção de sítios a serem propostos à UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade.
    
Após aprovada a proposta, o sítio deve ser descrito pelos proponentes; uma vez aprovado o artigo, ele é disponibillizado em "pre print" na internet podendo vir a constituir um capítulo de livro "SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL". Os novos artigos aprovados deverão ser publicados no Volume III.
 As instruções para os autores podem ser vistas em http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm
    
Os artigos dos sítios já publicados podem ser acessados em:
http://www.unb.br/ig/sigep/sitios.htm
ou "linkados" via mapa de localização no Brasil em:
http://www.unb.br/ig/sigep/mapindex/mapindex.htm
 
=> favor repassar a geocientistas de sua lista de e-mails
--------------------------------------------------------------------------------

De: Pércio [mailto:perciomb@portoweb.com.br]
Enviada em: segunda-feira, 28 de julho de 2008 15:54
Assunto: Paleotoca de Cristal
    Nossa, essa proposta tem que ser aprovada já e a preservação da paleotoca tem que ser providenciada imediatamente !
    Caso os proponentes encontrem dificuldades para obter as medidas de preservação necessárias, gostaria de ser informado. Aliás, sugiro que toda a comunidade geológica seja informada para que se acionem, na medida do alcance de cada um, as autoridades responsáveis.
            Pércio de Moraes Branco

De: Norma Cruz [mailto:ncruz@rj.cprm.gov.br]
Enviada em: segunda-feira, 28 de julho de 2008 16:21
Assunto: Re: SIGEP - NOVAS PROPOSTAS (RS e AM)
 
 Considero  interessantes e importantes as duas novas propostasi.
Obrigada pelo envio.
Abraços
Norma

De: ricardolatge@petrobras.com.br [mailto:ricardolatge@petrobras.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 31 de julho de 2008 18:16
Para: Manfredo Winge
Assunto: Re: SIGEP - NOVAS PROPOSTAS (RS e AM)
[Sítios: Ponta das Lajes, AM; Paleotoca de Cristal, RS]

Apoio ambas as proposta.
Saudações

Ricardo
Representante da Petrobras na SIGEP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 1 de agosto de 2008 11:37
Para: Felipe Caron (felipecaron@yahoo.com.br); Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann (paleonchico@yahoo.com.br); Renato Pereira Lopes (paleonto_furg@yahoo.com.br)
Assunto: Sitio Paleotoca de Cristal, RS - PROPOSTA APROVADA
 
Prezados Francisco e demais proponentes

seguindo as normas da SIGEP, comunico, com satisfação, que a proposta de vocês com compromisso de descrição foram aprovados.
 
Assim, o sítio "Paleotoca de Cristal, RS", passa a ser relacionado na lista de sítios aprovados e com autores comprometidos com a sua descrição: http://www.unb.br/ig/sigep/quadro.htm.
 
Isto considerado, solicitamos confirmar a data mais provável de entrega da primeira minuta do artigo com o qual, uma vez aprovado, se registrará em definitivo o sítio junto à SIGEP, juntamente com o elenco de propostas de preservação/conservação como patrimônio geológico, através de publicação na Internet e, eventualmente, em volume de SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL.
 
A elaboração da minuta do artigo deve seguir as instruções (*) para os autores e considerar as sugestões e recomendações apresentadas pela comunidade geocientífica e pelos membros da SIGEP expressas na página da proposta:
http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/Paleotoca_de_Cristal_RS.htm 
 
Qualquer dúvida a respeito favor nos contactar.
 
Manfredo Winge
Representante da SBGeo
p/corpo editorial
c/c SIGEP
 
 
(*)
Observações sobre as Instruções  para os autores
 
Solicitamos leitura atenta das instruções aos autores que sofreram algumas pequenas inclusões; destacamos:
- enviar em Word em uma coluna só, mas já no formato geral especificado e tipos de letras determinados (faremos a editoração final em duas colunas após a revisão final e aprovação do artigo);
- atentar para a escolha adequada de título e subtítulo para o artigo, concisos mas que deem clara idéia do sítio descrito e de sua tipologia principal;
- versão em inglês é obrigatória mas somente deve ser encaminhada depois do artigo ser aprovado;
- uma ou duas fotos de página inteira para Fig. 1 significativa e bonita, com ou sem encarte, que retrate da melhor forma possível o sítio nas primeiras páginas do artigo;
- rigorosa seleção das figuras e fotos em termos de qualidade e significância, evitando repetições;
- todas as figuras e fotos, com ótima resolução e QUALIDADE a melhor possível, deverão ser enviadas em arquivos separados após a aprovação e disponibilização do artigo na internet; entretanto, elas podem ser incluídas inicialmente no texto com resolução rebaixada (~ 100 dpi; largura maior 170mm) para o pre print na internet;
se ainda não foi encaminhado na proposta, providenciar minicurrículo (até 120 palavras) e uma foto  tipo 3x4 de cada  um dos autores ;
- desdobrar, na medida do possível, o capítulo MEDIDAS DE PROTEÇÃO nos ítens indicados;
- sobre o capítulo SINOPSE SOBRE A ORIGEM, EVOLUÇÃO GEOLÓGICA E IMPORTÂNCIA DO SÍTIO: deve ser conciso e, na medida do possível, de linguagem acessível a não especialistas. Recentemente instituído, já com vistas ao Volume III da SIGEP, o seu objetivo é apresentar, em um único local do artigo, uma síntese da história geológica pondo em destaque os eventos geológicos (e paleobiológicos), de preferência cronologicamente organizados, que estiveram ligados à formação e à evolução do sítio até a sua presente ocorrência. Uma certa redundância até poderá ocorrer com relação a aspectos apresentados com mais detalhe em outros ítens como o da DESCRIÇÃO DO SÍTIO, mas aqui devem ser abordados de forma enxuta/concisa e organizada (sinóptica) que enfatize os fenômenos evolutivos que sejam relevantes em qualquer dimensão e conceito (físico/químico, micro a macro até de tectônica global se for o caso).  Estima-se que para este ítem seja suficiente uma página de texto (sem contar eventuais figuras adicionais inseridas) mas, conforme a complexidade evolutiva, poderá se ter até duas páginas, finalizando-se com um parágrafo que, também de forma concisa, indique claramente o porquê da importância extraordinária do sítio;
- ver detalhes e todas outras orientações em:
http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm 
=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=

AVALIAÇÃO FINAL DE PROPOSTA
DE DESCRIÇÃO DE SÍTIO GEOLÓGICO - PALEOBIOLÓGICO

Nome do Sítio:  Paleotoca de Cristal, RS
Proponentes:
Francisco Sekiguchi de Carvalho Buchmann; Renato Pereira Lopes; Felipe Caron

Considerando os pareceres, comentários e réplicas constantes na página da proposta, as instituições membros da SIGEP, assim se pronunciam, através de seus representantes, quanto à proposta em epígrafe

INSTITUIÇÃO PARECER
Favorável
Não favorável 
Abstenção
Restrições/Exigências
Não se pronunciou[
Em banco]
Academia Brasileira de Ciências – ABC  
Associação Brasileira de Estudos do Quaternário – ABEQUA Favorável
Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM  
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística-IBGE  
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis– IBAMA  
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN  
Petróleo Brasileiro SA - PETROBRÁS Favorável
Serviço Geológico do Brasil – CPRM

Favorável

Sociedade Brasileira de Espeleologia – SBE

 

Sociedade Brasileira de Geologia – SBGeo

Favorável

Sociedade Brasileira de Paleontologia – SBP

Favorável