GRUTA DA SERRA DA IBITIPOCA, MG:
SÍTIO DISPONÍVEL PARA CANDIDATURA À DESCRIÇÃO USANDO FORMULÁRIO
    e
observando que o sítio a ser descrito deve ser o mesmo sítio já aprovado quanto a área abrangida, tipologia... Se houver diferenças significativas, deve ser proposto novo sítio


PROPOSTA de SÍTIO GEOLÓGICO DO BRASIL PARA REGISTRO NO
PATRIMÔNIO MUNDIAL(WORLD HERITAGE COMMITEE - UNESCO)

COMISSÃO BRASILEIRA DE SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEOBIOLÓGICOS
(DNPM-CPRM-SBG-ABC-SBP-IPHAN-IBAMA-SBE-ABEQUA)

Data: 23/02/2000

PROPONENTE -  Nome: Alexis Rosa Nummer (VER HISTÓRICO ABAIXO)

Endereço: Km.47 – antiga Estrada Rio SãoPaulo, Seropédica – Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

Instituto de Agronomia – Departamento de Geociências
Fax: Telefone: email:
(0XX)21.6821650


1.Sugestão de AUTOR(ES) para eventual descrição detalhada do sítio: Alexis Rosa Nummer


2.NOME do SÍTIO (use nome consagrado. Se este não existir, proponha um nome conciso que indique o tipo de sítio e/ ou o local):

Serra do Ibitipóca


3. TIPO DE SÍTIO: ____[x]Espeleológico _______[ ]Paleontológico ______[ ]Geomorfológico

[ ] Paleoambiental ____[ ]Ígneo ______________[ ]Sedimentar ________[ ]Metamórfico

[ ] Mineralógico ______[ ]Estratigráfico _______[x]Tectono-estrutural ___[ ]Metalogenético

[ ] História da Geologia [ ]Astroblema _________[ ]Outro:___________________________

[ ] Marinho-submarino______________ Obs.[ ]Inclui vestígios arqueológicos


4. LOCALIZAÇÃO

4.1. Município(s)/UF: Conceição do Ibitipóca, Sul de Minas Gerais

4.2. Lat/long(centro da área):

4.3. Nome do local: Parque Estadual do Ibitipóca


5. JUSTIFICATIVAS para a inclusão como PATRIMÔNIO MUNDIAL:

A Serra do Ibitipóca apresenta uma das maiores grutas em rochas quartzíticas do mundo (mais de 3000 metros de extensão mapeados, e também por estar totalmente contida em uma imensa charneira de dobra simétrica (segunda fase deformacional do Grupo Andrelândia -sul de Minas Gerais – Nummer 1992).

Os flancos e a charneira podem ser integralmente percorridos pelos visitantes, e a dobra pode ser visualizada em toda a sua extensão, e imediatamente correlacionada ao mapa geológico da região, do ponto mais alto da Serra (1453m).


6.BREVE DESCRIÇÃO DO SÍTIO:

Na Serra do Ibitipóca, ramificação da Serra da Mantiqueira, sudeste de Minas Gerais, podemos encontrar um ambiente geológico de extrema beleza, onde penhascos, cachoeiras e paredões em quartzitos embelezam a maior concentração de cavernas quartziticas do Brasil. Estruturas primárias de ambientes deltaicos e campos-de duna, ainda preservadas, podem ser observados nas maiores grutas da região.

Além disso, é considerada a área mais importante do Hemisfério Sul para o estudo de liquens: 163 espécies .

É possivel encontrar, ainda preservados, animais como a onça-parda e o lobo-guará e mais de 200 esdécies de pássaros.

Uma rica flora composta por bromélias, canelas-de ema, cactus e sempre vivas, com muitas espécies endêmicas.


7. SITUAÇÃO ATUAL DE CONSERVAÇÃO E ÓRGÃO RESPONSÁVEL P/PROTEÇÃO:

Para preservar esse conjunto de monumentos e uma das maiores biodiversidade mundiais, foi criado em 1973, o Parque Estadual do Ibitipóca, com área de 1488há., aberto ao turismo ecológico e à pesquisa científica. Atualemnte é controlado pelo Instituto Estadual de Florestas do estado de Minas Gerais.


De: Alexis Nummer
Para: Manfredo Winge
Enviada em: Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2000 10:14
Assunto: Sobre sitios geologicos

Prezado Manfredo
Encaminho uma proposta para a comissão incluir a Serra do Ibitipóca, Sul de MInas Gerais, como Patrimônio Geológico Mundial.
Cabe salientar que ela foi escolhida para compor uma publicação de extrema beleza (basicamente de texto leve e fotografias):
Montanhas, cavernas e cachoeiras - Monumentos Geológicos, de Ricardo Siqueira (geólogo e fotógrafo), na qual contribuí com o texto sobre Ibitipóca.
Este livro bilingue foi patrocinado pela Casa da Foto, Inter Auto, Suzuki e Nikon (T.Tanaka), Gráfica Pancron.
Sugiro leitura pela comissão pois é uma grande obra, que foi publicado agora no inicio do ano 2000.
Possui ISBN 85-900258-2-9. Texto em inglês e português.
Para visualização detalhada dos diferentes aspectos da Serra do Ibitipóca pode ainda ser acessado o site:
http\\:www/ufrrj.br/ibitipoca/hpibiti.htm,ou acessar por um browser qualquer: Ibitipóca.
Atualmente existem mais de 50 sites (roteiros, geologia, ecoturismo, etc).
Agradeço a consideração e espero que seja bem aceita esta proposta.
PS: Como professor de Geologia Estrutural da UFRRJ, anualmente ministro algumas aulas para o curso de graduação neste sitio geológico.
Um abraço
Alexis


From: DNPM <emanuel@dnpm.gov.br>
To: 'schobben@dnpm.gov.br'
Subject: ENC: Sobre sitios geologicos
Date: Segunda-feira, 28 de Fevereiro de 2000 12:32

Dr. Schobbenhaus,

Acho muito boa a proposta de sítio da Serra da Ibitipoca. O fato de tratar-se da maior gruta em quartzito, aliás raridade nesse tipo de litologia, já compensa a sua seleção.
Pelo que li da proposta do autor, considero que deve ser acolhida.

Emanuel


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 7 de maio de 2003 15:25
Assunto: NOVAS PROPOSTAS

Ao Presidente e demais membros da COMISSÃO SIGEP
apresento meu parecer sucinto referente as PROPOSTAS DE NOVOS SÍTIOS disponibilizadas no site da Sigep:

A- APROVO COM VISTAS AO REGISTRO EM BANCO DE DADOS NA INTERNET E POSTERIOR ANÁLISE E EVENTUAL SELEÇÃO PARA PUBLICAÇÃO EM LIVRO:
....................................

6 - Gruta quartzítica da Serra do Ibitipóca - Alexis Rosa Nummer
.....................................

Manfredo Winge


Gruta quartzítica da Serra do Ibitipoca.

Opino a favor do sítio, mas alguns ajustes são necessários. A proposição é para a Serra do Ibitipoca ou para a gruta? A região da Serra do Ibitipoca reúne uma grande quantidade de grutas quartzíticas (acho que não a maior concentração delas, a considerar as regiões vizinhas de Carrancas, Luminárias e São Thomé das Letras). Nos limites do Parque Estadual da Serra do Ibitipoca estão cadastradas 17 cavernas com desenvolvimento variando entre 30 e 300 metros, sendo duas maiores do que isso em extensão, com 720 e 2.340 metros. Esta última é denominada Gruta das Bromélias, que durante muito tempo foi considerada a maior caverna em quartzito do Brasil. Agora cai para 2º no ranking, perdendo para a Gruta do Centenário (mais de 3.000m de desenvolvimento), a qual já compõe o livro.
Minha sugestão é de que este sítio seja tratado justamente como foi a “Gruta do Centenário, Pico do Inficionado”. O enfoque principal deveria ser a Gruta das Bromélias em si, com menção para o conjunto de cavernas e paisagem da Serra do Ibitipoca. O título seria “Gruta das Bromélias, Parque Estadual da (Serra ?) do Ibitipoca – Espeleologia em quartzito”, ou algo assim... Minha sugestão para autor é o Atlas Vasconcelos, geólogo que já foi da CPRM e está hoje na Federal do Rio, eu acho. Ele fez doutorado em geologia estrutural da região e tem vários trabalhos publicados especificamente sobre a gruta. Até pouco tempo, sempre se associava Gruta das Bromélias a Atlas Vasconcelos. Não tenho informação se alguém mais vem trabalhando mais recentemente na região ou mesmo se o proponente, o Alexis, não teria ele próprio trabalhado com o Atlas.
A propósito, esse sítio já foi cogitado anteriormente, tendo sido elencado na 1ª reunião que tivemos. Não me lembro porque a idéia não vingou...

Mylène Berbert
21/5/2003


De: Alexis Nummer [mailto:nummer@compuland.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 24 de outubro de 2003 09:16
Para: manfredo@unb.br
Assunto: Sítio Geológico - Serra do Ibitipóca, Minas Gerais

 
Caro Manfredo
Algum tempo atrás, encaminhei uma proposta para a inclusão da Serra do Ibitipóca, , sudeste do estado de Minas Gerais, com preenchimento de cadastro.
Aguardei resposta, e não obtive qualquer explicação sobre a proposta.
Gostaria de receber qualquer noticia, que neste caso presumo que negativa.
A justicativa bem como os trabalhos na referida área foram encaminhados.
Ciente de vosso apreço e consideração.
Respeitosamente
Alexis Rosa Nummer 
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro
e-mail: nummer@compuland.com.br e nummer@ufrrj.br
tels: (024)22425996 e (024) 92253876

De: Alexis Rosa Nummer [mailto:nummer@compuland.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 07:49
Para: manfredo@unb.br
Assunto: Informações adicionais_Volume dois SIGEP
Caro Manfredo
Confirmei a aprovação do Sítio Espeleológico e estrutural de Ibitipóca, Minas Gerais. Não recebi nenhuma espécie de informação para dar continuidade ao processo de efetivação da proposta. Gostaria de saber se seria possivel incluí-lo no volume dois do SIGEP, ou maiores informações sobre os quesitos indispensáveis para inclusão.
Um abraço
Alexis Rosa Nummer
CompuLand ISP WebMail


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 4 de fevereiro de 2005 10:44
Para: 'Alexis Rosa Nummer'
Assunto: RES: Informações adicionais_Volume dois SIGEP

Prezado Alexis
tenho enviado aos autores vários emails a respeito das propostas já aprovadas para descrição, mas talvez tenha havido problemas de comunicação.
Transcrevo abaixo a sugestão da colega Mylène, desta comissão editorial e com a qual concordamos, para a descrição do sítio já aprovado (no. 106). Esta sugestão foi apresentada na página da proposta original:
http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/SerraIbitipoca.htm . 
Cabe destacar, a respeito, que temos tido problemas semelhantes tambem com outras propostas em que o conceito de sítio, no que se refere à extensão (várias cavernas neste caso) e/ou à multiplicidade de feições geológicas envolvidas, extrapola a idéia de sítio algo pontual e com unicidade geológica. Está-se discutindo, inclusive, na SIGEP a conceituação de GEOPARQUES brasileiros com vistas à descrição futura desses "mega-sítios".
Isto posto, em http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm temos as instruções para os autores, lembrando que é interessante enviar a versão em inglês após a última revisão do artigo em português. O volume I, com artigos disponibilizados na internet (ver http://www.unb.br/ig/sigep/sitios.htm), dá uma idéia da apresentação que se pretende tambem para o volume II.
Qualquer dúvida, favor informar.
Aguardamos o envio do artigo sobre esse interessante sítio.
abraço
Manfredo
c/c comissão editorial

*********

Gruta quartzítica da Serra do Ibitipoca.

Opino a favor do sítio, mas alguns ajustes são necessários. A proposição é para a Serra do Ibitipoca ou para a gruta? A região da Serra do Ibitipoca reúne uma grande quantidade de grutas quartzíticas (acho que não a maior concentração delas, a considerar as regiões vizinhas de Carrancas, Luminárias e São Thomé das Letras). Nos limites do Parque Estadual da Serra do Ibitipoca estão cadastradas 17 cavernas com desenvolvimento variando entre 30 e 300 metros, sendo duas maiores do que isso em extensão, com 720 e 2.340 metros. Esta última é denominada Gruta das Bromélias, que durante muito tempo foi considerada a maior caverna em quartzito do Brasil. Agora cai para 2º no ranking, perdendo para a Gruta do Centenário (mais de 3.000m de desenvolvimento), a qual já compõe o livro.
Minha sugestão é de que este sítio seja tratado justamente como foi a “Gruta do Centenário, Pico do Inficionado”. O enfoque principal deveria ser a Gruta das Bromélias em si, com menção para o conjunto de cavernas e paisagem da Serra do Ibitipoca. O título seria “Gruta das Bromélias, Parque Estadual da (Serra ?) do Ibitipoca – Espeleologia em quartzito”, ou algo assim... Minha sugestão para autor é o Atlas Vasconcelos, geólogo que já foi da CPRM e está hoje na Federal do Rio, eu acho. Ele fez doutorado em geologia estrutural da região e tem vários trabalhos publicados especificamente sobre a gruta. Até pouco tempo, sempre se associava Gruta das Bromélias a Atlas Vasconcelos. Não tenho informação se alguém mais vem trabalhando mais recentemente na região ou mesmo se o proponente, o Alexis, não teria ele próprio trabalhado com o Atlas.
A propósito, esse sítio já foi cogitado anteriormente, tendo sido elencado na 1ª reunião que tivemos. Não me lembro porque a idéia não vingou...
Mylène Berbert
21/5/2003


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sábado, 26 de novembro de 2005 12:14
Para: Alexis Nummer (nummer@compuland.com.br)
Assunto: Sítio 106. Gruta da Serra do Ibitipóca - MG
Prezado  colega Alexis 
das propostas de descrições de sítios aprovadas pela SIGEP, temos a abaixo listada em que o colega foi confirmado como autor principal.
   
106. Gruta da Serra do Ibitipóca - MG
Alexis Rosa Nummer
Espeleológico; Tectono-estrutural Uma das maiores grutas em rochas quartzíticas do mundo (mais de 3000 metros de extensão) contida em uma imensa charneira de dobra simétrica 
 
Solicito as seguintes informações, com vistas à programação dos artigos que virão a compor os volumes II e III dos Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil, livro publicado sob a égide da SIGEP:
1- data mais provável em que submeterá o artigo na versão em português?
2- caso não pretenda mais preparar o artigo, poderia informar o Porquê e, se for o caso, indicar alguem que trabalhou na área e que teria condições de descrever o sítio??
 
E, finalmente, caso tenha informações de que esse sítio, por desastre natural, por depredação  e/ou outras causas, perdeu suas características originais, não se justificando mais cadastrá-lo como sítio a ser protegido e, eventualmente, ser alçado a Patrimônio da Humanidade, solicitamos nos comunicar dessa situação, com detalhes se possível, para a decisão de cancelamento ou não da condição de sítio aprovado.
 
Aguardamos
Cordiais saudações
Manfredo
p/ Comissão Editorial

De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 14 de junho de 2007 10:45
Para: Alexis Rosa Nummer (nummer@compuland.com.br)
Assunto: Submissão de artigo da SIGEP - Solicita Informações

 
    REFERÊNCIA - proposta de descrição aprovada:
    sítio Gruta da Serra do Ibitipóca, MG
    http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/SerraIbitipoca.htm 
 
 
PREZADO  COLEGA ALEXIS,
 
estamos programando a organização do volume III da SIGEP para ser publicado o mais breve possível, mas para isto necessitamos confirmar os compromissos assumidos pelos proponentes de SÍTIOS GEOLÓGICOS COM DESCRIÇÃO APROVADA.
Assim, solicito que nos informe se ainda pretende descrever o importante sítio referido acima ou se não poderá   fazê-lo.
Caso pretenda, favor informar a data mais provável para a entrega da primeira minuta de acordo com as Instruções aos Autores (ver emails abaixo), anexando uma sinopse do currículo do(s) autor(es) juntamente com uma fotografia pequena tipo 3x4 para constar como adendo ao artigo.  
 
FAVOR CONFIRMAR O RECEBIMENTO DESTE EMAIL
 
Cordiais saudações
Manfredo
p/ corpo editorial
 
 Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP:
 
 Cópias de emails:
=============
De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 11 de maio de 2007 11:32
Para:
Assunto: Submissão dos artigos da SIGEP - Instruções
 
Prezados autores de propostas aprovadas,
 
alguns dos colegas já confirmaram as datas de compromisso de encaminhamento da 1a minuta do artigo sobre o sítio com vistas ao cadastro de SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL e publicação do Volume III da SIGEP.
 
Assim, cabe relembrar as instruções que devem ser seguidas pelos autores e que são encontradas na página  http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm.  Essa página sofreu pequenos acréscimos recentemente como, por exemplo, desdobramento do capítulo sobre Medidas de Proteção e orientação para encaminhamento da documentação das figuras.
 
Com o objetivo de simplificar o encaminhamento e prever problemas com a documentação, destacamos dessas instruções os seguintes pontos:
 
1- a minuta em WORD, formatada na configuração de página e tamanhos e tipo de letra indicados, deve ser entregue em uma coluna somente para facilitar o trabalho de análise e revisãoas figuras devem ser inseridas em sua posição mais adequada e com seu tamanho de apresentação final, seja na largura útil da página, seja de 1/2 página (prevendo texto em duas colunas)Após aprovado o artigo faremos a editoração final.
 
2- A versão em inglês para divulgação internacional deve ser enviada logo após a aprovação do artigo e com conteúdo idêntico ao da versão aprovada em português.
 
3- recomendamos que seja selecionada uma foto bonita e representativa do sítio (Fig. 01) para ser exibida em página inteira ou 1/2 página, de preferência logo nas primeiras páginas do artigo;
 
4- todas as figuras/fotos.. devem ser significativas, de qualidade e boa resolução. As figuras inseridas no texto da minuta podem ter resolução rebaixada (~100 DPI) própria para a internet, mas os seus arquivos digitais originais, em alta resolução, devem ser preservados e encaminhados ao corpo editorial tão logo o artigo seja aprovado. Cada arquivo de figura deve ser identificado com número do sítio e da figura; por exemplo, Sitio201_Fig_01.jpg; Sitio201_Fig_03_Ingles.jpg; Sitio201_Fig_07.cdr; Sitio201_Fig_07.gif (os arquivos gráficos vetoriais utilizados devem ser encaminhados juntamente com os de bitmaps).
 
Qualquer dúvida ou sugestão, favor contactar-nos.
 
Corpo editorial
SIGEP - Sítios Geológicos e Paleobiológicos do Brasil
 
-----Mensagem original-----
De: Carlos Schobbenhaus [mailto:schobben@df.cprm.gov.br]
Enviada em: terça-feira, 8 de maio de 2007 15:37
Assunto: Email aos proponentes de Sítios ainda não descritos

 
Prezado(s) proponente(s)
na lista "sítios aprovados com autores definidos" (http://www.unb.br/ig/sigep/quadro.htm), alguns referem-se a propostas feitas em formulário como compromisso de descrição do sítio e outros não, pois os autores foram indicados e aceitaram descrever o sítio antes da implantação do formulário. Mesmo nas proposta via formulário, exceto as mais recentes, não se tem data de compromisso para a conclusão do artigo.
Tendo em vista os objetivos da SIGEP de realizar rapidamente o cadastro dos sítios geológicos do Brasil que devem ser preservados e, mais imediatamente, publicar o Volume III de Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil, solicitamos ao colega:
1 - informar se esse sítio, por desastre natural, por depredação  e/ou outras causas, perdeu suas características originais, não se justificando mais cadastrá-lo como sítio a ser protegido. Neste caso, favor nos informar dando detalhes dessa situação para ele ser cancelado;
2 - informar se ainda existe o interesse do colega em elaborar o artigo referente ao sítio indicado como sob sua responsabilidade.  
     Observação - confirmado o desinteresse ou não havendo resposta, retiraremos o (s)  seu (s)  nome (s)  como autor previsto para o artigo sobre o sítio que será, então, listado como disponível para outros candidatos a descrevê-lo;
3 - caso exista interesse e não tenha preenchido formulário, favor preencher o formulário confirmando coautores, data provável de entrega, etc.. como compromisso de descrição; ver http://www.unb.br/ig/sigep/formulario.htm;
4 - caso exista interesse e tenha preenchido o formulário antigo (sem data de provável entrega), favor confirmar os dados  (coautores, etc..) e informar a data provável de entrega como compromisso de descrição
 
Aguardamos
 
Cordiais saudações,
 
Carlos Schobbenhaus
_______________________________
Carlos Schobbenhaus
Presidente da SIGEP
Serviço Geológico do Brasil - CPRM
SGAN 603 Conj. A 1º andar
70830-030 - Brasília - DF
Tel.: (61) 3223.1166/3224.7846
Fax: (61) 3224.1616
_______________________________

De: ricardolatge@petrobras.com.br [mailto:ricardolatge@petrobras.com.br]
Enviada em: terça-feira, 14 de agosto de 2007 17:31
Para: SIGEP
Assunto: Re: Inclusão da Situação na lista de propostas aprovadas
Seguem as minhas observações sobre alguns dos sítios listados. Espero poder amanhã estar completando a minha análise. Saudações Ricardo
Representante da Petrobrás
................
-------------------------+-----------------------------------------------
Gruta da Serra do Ibitipóca| Ajustar o título à descrição- é dirigido à serra ou à gruta? A descrição está bastante sucinta - aguardar o ajuste da proposta, que me parece muito interessante
-------------------------+-----------------------------------------------
......................


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 15 de agosto de 2007 17:33
Para: Alexis Rosa Nummer (nummer@ufrrj.br)
Assunto: sítio 106 - Gruta da Serra do Ibitipóca, MG- Solicita Informações
Prioridade: Alta
Prezado colega  Alexis ,
 
estamos revisando as propostas aprovadas pela SIGEP cujas descrições, expressas em artigos científicos, poderiam compor capítulos do Volume III do livro SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL.
Assim, verificamos que o e-mail abaixo não foi retornado de sua parte (ou houve extravio).
 
Desta maneira, solicitamos informar:
1) se ainda pretende   descrever o sítio, ou
2) caso esteja desistindo de vez de descrever o sítio, poderia indicar alguem que trabalhou na área e que poderia descrevê-lo? ou,
3) caso tenha informações de que esse sítio, por desastre natural, por depredação  e/ou outras causas, perdeu suas características originais, não se justificando mais cadastrá-lo como sítio a ser protegido e, eventualmente, ser alçado a patrimônio da Humanidade, favor nos comunicar dessa situação.
 
Agradeço antecipadamente
 
Manfredo
p/ Comissão Editorial do Volume III

De: Alexis Rosa Nummer [mailto:nummer@ufrrj.br]
Enviada em: quinta-feira, 16 de agosto de 2007 10:21
Para: Manfredo Winge
Assunto: Informações sobre o Sítio 106 - Gruta da Serra do Ibitipóca, MG- Solici taInformações

Prezado amigo e colega Manfredo
Inicialmente gostaria de dizer que não recebi eMail referente às informações indicadas pelo SIGEP. Mas saliento, que tenho realmente GRANDE interesse em descrever o Sitio da Serra do Ibitipóca, mas gostaria de receber algumas informações adicionais: 1. Qual será o prazo efetivo para encaminhar o referido trabalho? 2. O co-autor tem que ser especificado de imediato? Não fiz o convite ainda portanto gostaria saber se existe esta possibilidade. 3. Ha tempos atras, quando estava orientando alunos do Curso de Graduação em Geologia da UFRRJ na área do Parque do Ibitipóca (realizo excursões anuais ao parque), comentei ao Engenheiro Florestal Jorge (diretor) que havia esta possibilidade de incorporar Ibitipóca aos Sítios Palentológicos e Geológicos do país. Sua receptividade foi ótima e a direção do parque apreciaria muito esta inciativa e, como eles tem uma casa de divulgação para visitantes (com fotos, CD desk, ministram palestras, etc., seria muito importante a sua inclusão neste novo contexto. O Parque continua em franca atividade, realizando várias reformas de infraestrutura com o apoio do Governo Alemão, e portanto será ótimo podermos participar da próxima edição do SIGEP.
Um grande abraço e aguardo resposta deste eM.
Alexis Rosa Nummer


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 16 de agosto de 2007 18:50
Para: 'Alexis Rosa Nummer'
Assunto: RES: Sítio 106 - Gruta da Serra do Ibitipóca, MG- retomada da descrição

Prezado Alexis,
a dificuldade era o e-mail incorreto(da compuland.com.br) e que corrigi agora pesquisando seu e-mail no Sistema Lattes, se não me engano.
É excelente o fato de que está disposto a retomar a tarefa da descrição do sítio objeto de sua proposta em 2000.

Temos inicialmente algumas questões de base (referentes ao próprio objeto do sítio: serra ou gruta??) e que foram colocadas na página da proposta; ver notadamente as questões e sugestões da colega Mylène em:
http://www.unb.br/ig/sigep/propostas/SerraIbitipoca.htm

Ver também nesse endereço cópias de e-mails que lhe foram enviados para o seu antigo endereço, das quais destaco um excerto de email enviado:
" Assim, cabe relembrar as instruções que devem ser seguidas pelos autores e que são encontradas na página  http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm.  Essa página sofreu pequenos acréscimos recentemente como, por exemplo, desdobramento do capítulo sobre Medidas de Proteção e orientação para encaminhamento da documentação das figuras.
Com o objetivo de simplificar o encaminhamento e prever problemas com a documentação, destacamos dessas instruções os seguintes pontos:
1- a minuta em WORD, formatada na configuração de página e tamanhos e tipo de letra indicados, deve ser entregue em uma coluna somente para facilitar o trabalho de análise e revisãoas figuras devem ser inseridas em sua posição mais adequada e com seu tamanho de apresentação final, seja na largura útil da página, seja de 1/2 página (prevendo texto em duas colunas)Após aprovado o artigo faremos a editoração final.
2- A versão em inglês para divulgação internacional deve ser enviada logo após a aprovação do artigo e com conteúdo idêntico ao da versão aprovada em português.
3- recomendamos que seja selecionada uma foto bonita e representativa do sítio (Fig. 01) para ser exibida em página inteira ou 1/2 página, de preferência logo nas primeiras páginas do artigo;
4- todas as figuras/fotos.. devem ser significativas, de qualidade e boa resolução. As figuras inseridas no texto da minuta podem ter resolução rebaixada (~100 DPI) própria para a internet, mas os seus arquivos digitais originais, em alta resolução, devem ser preservados e encaminhados ao corpo editorial tão logo o artigo seja aprovado. Cada arquivo de figura deve ser identificado com número do sítio e da figura; por exemplo, Sitio201_Fig_01.jpg; Sitio201_Fig_03_Ingles.jpg; Sitio201_Fig_07.cdr; Sitio201_Fig_07.gif (os arquivos gráficos vetoriais utilizados devem ser encaminhados juntamente com os de bitmaps)."

 
 Outras questões (seu email abaixo):
1 - prazo: dependemos do encaminhamento dos trabalhos de descrição dos sítios para podermos fechar o volume III - temos atualmente 2 trabalhos prontos (em pre print na internet: ver http://www.unb.br/ig/sigep/sitios.htm#Internet) e mais 5 ou 6 em andamento; outros estão prometidos para breve. Assim que tivermos cerca de 30 trabalhos aceitos e publicados na internet, prepararemos a "boneca" do volume III para ser licitada a impressão do livro. Esperamos fechar esse volume no fim deste ano a inicio do ano que vem contando, obviamente, com o seu trabalho.
2 - é sempre interessante que os demais autores já estejam elencados para acompanharem todo o desenrolar dos trabalhos e facilitar nossa comunicação com todos (afinal devem ser autores atuantes); mas claro que dependendo de caso especial pode haver mudanças com entradas ou saídas de autores;
3- sem dúvidas que um trabalho científico de peso descrevendo o sítio será de grande importância para os registros bibliográficos e para a biblioteca do Parque.

Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 4 de junho de 2008 13:05
Assunto: Sitio 106 - Serra do Ibitipóca - 1a minuta submetida

 Prezados colegas da SIGEP,
seguindo a rotina da equipe editorial, a primeira minuta do artigo foi disponibilizada para avaliação interna desta comissão no site

http://www.unb.br/ig/sigep/sitio106/1_Minuta_sitio106_SerrapIbitipocaMG.pdf

Oportunamente enviarei aos membros do corpo editorial o texto sem as figuras em Word para as anotações detalhadas de revisão.
Saudações
Manfredo


-----Mensagem original-----
De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 4 de junho de 2008 16:49
Para: 'Alexis Rosa Nummer'
Assunto: RES: Sitio 106 - Serra do Ibitipóca
Prioridade: Alta

Prezado Alexis,
recebi a minuta de seu artigo e vários arquivos de fotos com numeração variada e sem explicação ou legenda.
A minuta foi divulgada internamente para a SIGEP em:
http://www.unb.br/ig/sigep/sitio106/1_Minuta_sitio106_SerrapIbitipocaMG.pdf
Com base em uma primeira análise geral, solicito refazer esta minuta, atendendo aos seguintes pontos:

 1- ponto e fundamental - objeto do artigo: deveria ser a gruta extraordinária em quartzitos, abordando a sua descrição e intrigante origem, mas o enfoque do trabalho enviado foi o desenvolvimento tectono-estrutural e implicações estratigráficas do Grupo Andrelândia na região. Sem desmerecer a importância e a necessidade de se abordar, no contexto geológico regional do sítio, uma síntese dessa interessante evolução (mesmo porque, segundo originalmente definido, a gruta estaria sediada em grande charneira de dobra), necessitamos que o SÍTIO a ser PRESERVADO seja mais clara e completamente descrito. Sugiro rever inicialmente, o tópico "Sinopse sobre a origem e evolução e importância do sítio" o que permitirá balisar melhor esta revisão.

Cabe destacar que esta questão do objeto do sítio (SERRA ou GRUTA) já havia sido levantada e entendida como resolvida nas trocas de e-mails a partir de um questionamento feito pela colega Mylène. Ver o link para esta correspondência e as definições abaixo disponibiizadas em "propostas aprovadas":

Gruta da Serra do Ibitipoca, MG
Alexis Rosa Nummer

Espeleológico; Tectono-estrutural

Uma das maiores grutas em rochas quartzíticas do mundo (mais de 3000 metros de extensão) contida em uma imensa charneira de dobra simétrica 

2- dadas as revisões para atender ao ponto 1, sugiro modificação do título e do subtítulo do capítulo, talvez:

Gruta da Serra do Ibitipoca, MG 
Uma das maiores grutas em rochas quartzíticas do mundo

 3- atender às Instruções aos Autores na parte de formatos gerais e específicos (figuras, suas numerações e legendas, tópicos, subtópicos, espaçamentos e tabulações, quantidades de palavras no Curriculo Sinóptico, padrão de referências bibliográficas, etc.. ver modelos nos sítios já publicados na internet), observando que a minuta deve vir em uma coluna só, mas já se antecipa que várias figuras poderão ser reduzidas a metade na editoração final (obs. todas as figuras devem ser citadas no texto e ter legendas, não existindo figura de capa no capítulo);
4- rever português e inglês (Obs falta versão em inglês do título e subtítulo antes do abstract)
5- analisar as figuras que foram enviadas a parte (sem identificação) e ver quais são significativas/importantes (e se possível bonitas) para incluir no artigo seguindo as instruções e descartar as demais.
Aguardamos a revisão do artigo sobre esse importante sítio
Cordiais saudações
Manfredo
p/ corpo editorial

 Prezado Alexis, em aditamento ao e-mail  encaminho as seguintes notas que, normalmente, são enviadas aos autores de propostas recém-aprovadas:
(*)
Observações sobre as Instruções  para os autores
Solicitamos leitura atenta das instruções para os autores que sofreram algumas pequenas inclusões; destacamos:
- enviar em Word em uma coluna só, mas já no formato geral especificado e tipos de letras determinados (faremos a editoração final em duas colunas após a revisão final e aprovação do artigo);
- versão em inglês somente depois do artigo ser aprovado;
- uma ou duas fotos de página inteira para Fig. 1 de impacto, significativa e bonita que retrate o sítio da melhor forma possível;
- rigorosa seleção das figuras e fotos em termos de qualidade e significância;
- todas as figuras e fotos, com ótima resolução e QUALIDADE a melhor possível, deverão ser enviadas em arquivos separados após a aprovação e disponibilização do artigo na internet; entretanto, elas podem ser incluídas inicialmente no texto com resolução rebaixada (~ 100 dpi) para o pre print na internet;
- se ainda não foi encaminhado na proposta, providenciar minicurrículo (até 120 palavras) e uma foto  tipo 3x4 de cada  um dos autores ;
- desdobrar, na medida do possível, o capítulo MEDIDAS DE PROTEÇÃO nos ítens indicados;
- o capítulo SINOPSE sobre a origem e evolução e a importância do sítio deve ser conciso e, na medida do possível, de linguagem acessível a não especialistas com uma a, no máximo, duas páginas de texto;
- ver as instruções completas em:
http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm


De: Alexis Rosa Nummer [mailto:nummer@ufrrj.br]
Enviada em: segunda-feira, 30 de junho de 2008 15:52
Assunto: Re: ENC: Sitio 106 - Serra do Ibitipóca - notas p/ REVISÃO
Caro Manfredo
Após a leitura das suas considerações, gostaria de manifestar algumas ponderações que eu creio, sejam pertinentes:
1. O título do trabalho eu concordo que possa ser modificado, mas estou em situação desconfortável para modificar porque o tema que escrevi, refere-se principalmente à evolução tectônica, e não aos aspectos espeleológicos. Tentei entrar em contato com o Atlas, mas não consegui. Ele seria a pessoa mais habilitada para escrever esta abordagem da Serra. Mediante esta posição gostaria de deixar claro que o sitio tem também, grande importância no aspecto tectono evolutivo do sudoeste do Estado de Minas Gerais.
2. Uma questão que eu considero muito importante, é que a Gruta mais famosa de Ibitipóca (Bromélias) há muito tempo está desativada e, portanto, eu acho que seria um pouco inapropriado descrever uma gruta (a mais conhecida) sem que as pessoas não fossem capazes de visitar (ficaria pelo menos um pouco estranho). Deste modo eu tentei falar um pouco sobre as grutas de maneira geral.
3. As fotos não estão todas descritas por problemas de encaminhamento.Procurei mostrar o estado atual do material que disponho, e principalmente, ver como o Comitê avaliaria a viabilidade de inclusão do artigo no volume. Atualmente, não tenho como mudar muito o material que foi encaminhado (tentei fazer o melhor possível, e espero ver as críticas, para fazer as devidas alterações).
4. Como havia dito, contei com a prestimosa colaboração dos responsáveis técnicos do parque (pessoas mais aptas para descreverem as questões de Medidas de Proteção e preservação).    
Quanto ao texto anteriormente enviado:
- enviar em Word em uma coluna só, mas já no formato geral especificado e tipos de letras determinados (creio que mandei);
- versão em inglês somente depois do artigo ser aprovado;(não mandei - apenas as figuras que estão desenhadas);
- uma ou duas fotos de página inteira para Fig. 1 de impacto (encaminhei mas não acho que seja de impacto - posso modificar);
- rigorosa seleção das figuras e fotos em termos de qualidade e significância (creio que realizei mas pode ser melhorado - tenho mais de 1000 fotos do Sitio);
- todas as figuras e fotos, com ótima resolução e QUALIDADE a melhor possível, deverão ser enviadas em arquivos separados após a aprovação e disponibilização do artigo na internet; entretanto, elas podem ser incluídas inicialmente no texto com resolução rebaixada (~ 100 dpi) para o pre print na internet (encaminhei);
- Encaminhei na proposta, minicurrículo (até 120 palavras) e uma foto tipo 3x4 do autor
- desdobrar, na medida do possível, o capítulo MEDIDAS DE PROTEÇÃO nos ítens indicados (realizado pelo corpo técnico do Parque);
- o capítulo SINOPSE sobre a origem e evolução e a importância do sítio deve ser conciso e, na medida do possível, de linguagem acessível a não especialistas com uma a, no máximo, duas páginas de texto (não consegui executar mas posso providenciar);
Sobre a sugestão do título: Gruta da Serra do Ibitipoca, MG Uma das maiores grutas em rochas quartzíticas do mundo (refere-se à Gruta das Bromélias que hoje está desativada - ler início do texto);
- rever português e inglês (Obs falta versão em inglês do título e subtítulo antes do abstract)- Será providenciado quando souber qual será o título;
- analisar as figuras que foram enviadas a parte (sem identificação) e ver quais são significativas/importantes (e se possível bonitas) para incluir no artigo seguindo as instruções e descartar as demais (vou providenciar).
Minhas cordiais saudações e aguardo retorno
Dr. Alexis Rosa Nummer
Departamento de Geociências - Instituto de Agronomia
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: terça-feira, 1 de julho de 2008 15:01
Assunto: ENC: ENC: Gruta da Serra do Ibitipóca - Definição do SÍTIO
 Caro coeditor,
abaixo a resposta do colega Alexis ao e-mail que enviei (VER E-MAIL ANEXO) requerendo que o artigo fosse totalmente refeito pois o objeto do artigo - o próprio sítio - não foi bem definido. A ênfase do artigo é em cima da evolução tectono-estrutural da região da Serra.
A minuta enviada pode ser vista em:
http://www.unb.br/ig/sigep/sitio106/1_Minuta_sitio106_SerrapIbitipocaMG.pdf
Apreciaria receber seus subsídios para responder ao e-mail abaixo
Manfredo


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sábado, 5 de julho de 2008 16:34
Assunto: ENC: ENC: Gruta da Serra do Ibitipóca - Definição do SÍTIO ??
Caro colega da SIGEP,
enviei o e-mail abaixo aos editores mas, reanalisando a questão, acho que o assunto extrapola a responsabilidade editorial pois o que está em jogo é o próprio objeto de estudo: qual foi o sítio aprovado: a gruta ou a serra?
E caso seja a serra, será que as estruturas descritas e que retratam uma evolução tectônica especial (sic) são ímpares e justificam o sítio tectono-estrutural como apresentado??
Manfredo
PS - aguardo manifestações para poder responder logo ao autor


De: William Sallun Filho [mailto:wsallun@igeologico.sp.gov.br]
Enviada em: segunda-feira, 7 de julho de 2008 11:09
Assunto: Re: ENC: ENC: Gruta da Serra do Ibitipóca - Definição do SÍTIO ??
Caros colegas
Em relação a este sítio, está confuso pois fala de cavernas e da geologia.
Para mim, as cavernas merecem ser elencadas como sítios.Porém a geologia em si (tectônica, deformação, ambientes de sedimentação,....) não vejo como algo difrente das diversas serras de quartzitos que existem no grupo Andrelândia.
Talvez o autor poderia focar nos aspectos geomorfológicos, espeleológicos e cênicos de Ibitipoca, que realmente merecem atenção.
Aí a geologia entraria como subsídio apenas.
William


De: Celia Regina de Gouveia Souza [mailto:celia@igeologico.sp.gov.br]
Enviada em: terça-feira, 8 de julho de 2008 12:28
Assunto: Re: ENC: ENC: Gruta da Serra do Ibitipóca - Definição do SÍTIO ??

......
Acho que o sítio em questão deveria ser a Gruta, sua origem e evolução (obviamente o contexto geológico será fundamental para sua caracteização).
Celia
Representante ABEQUA


De: schobben@df.cprm.gov.br [mailto:schobben@df.cprm.gov.br]
Enviada em: quarta-feira, 9 de julho de 2008 00:42
Assunto: Re: Sitio 106 - Serra do Ibitipóca
Prezados colegas,
Concordo com Célia e Antonio Fernandes que o foco deveria ser a caverna quartzítica e relacioná-la com a complexa deformação que lhe deu origem.
Trata-se de uma das áreas clássicas da geologia do sul de MG, sendo importante para o entendimento da evolução tectônica do grupo Andrelãndia. Considerando  esse fato, a área é importante também sem a presença da  caverna. Esta lhe dá um valor adicional, unindo o interesse científico ao turístico.
As dimensões da Serra da Ibitipóca (~1500 ha) e seu contexto geológico permitem apresentá-la como uma proposta de um parque geológico, objeto esse não enfocado pela SIGEP, mas inserido no Projeto Geoparques da CPRM. Como o foco da SIGEP envolve o sítio geológico (área relativamente pontual) ou mesmo um grupamento de sítios (alguns hectares até algumas dezenas de km2), a presente  proposta deveria centrar-se em objeto ou objetos com essas  dimensões.Fica aqui, no entanto,  o convite ao colega Alexis Nummer para posteriormente descrever a Serra da Ibitipóca também no contexto de um geoparque.
Carlos Schobbenhaus
Representante da CPRM na SIGEP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 9 de julho de 2008 11:02
Para: 'Alexis Rosa Nummer'
Assunto: Sitio 106 - GRUTA ou SERRA do Ibitipóca ??
Prezado Alexis,

as conclusões a que chegamos na SIGEP (ver cópias dos e-mails abaixo) sobre o sítio a ser descrito é de que a ênfase deve ser a EXCEPCIONAL GRUTA QUARTZÍTICA, ou seja o sítio é ESPELEOLÓGICO conforme já definido quando da aprovação da proposta.

Assim reiteramos a revisão do artigo para atender esse objetivo, lembrando a sugestão do colega Schobbenhaus de que o autor proponha a Serra e circunvizinhanças geologicamente importantes como um GeoParque com vários sítios geológicos tipológicamente distintos.
Cordiais saudações
Manfredo
c/c SIGEP
Manfredo Winge
Representante da SBGeo na SIGEP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 10 de dezembro de 2008 12:10
Cc: Alexis Rosa Nummer (nummer@ufrrj.br)
Assunto: ENC: Sitio 106 - Gruta da Serra do Ibitipoca, MG
Prioridade: Alta

Prezados colegas da SIGEP,
tendo em vista a resposta do colega Alexis (e-mail abaixo), informando não poder desenvolver o artigo sobre o sítio aprovado
Gruta da Serra do Ibitipoca, proponho que ele seja disponibilizado para outros autores que o tenham estudado espeleológica e estruturalmente.
Isto não impede de o colega Alexis venha a propor via formulário outro sítio tipologicamente notável dentro da área por ele pesquisada.
Caso os colegas estejam de acordo, o sítio passará para o elenco dos disponíveis e os candidatos á descrição deverão preencher formulário submetendo-se à aprovação pela SIGEP.
Aguardo
Manfredo
Manfredo Winge
Representante da SBGeo na SIGEP


De: fernande [mailto:fernande@acd.ufrj.br]
Enviada em: quarta-feira, 10 de dezembro de 2008 19:25
Cc: Alexis Rosa Nummer
Assunto: Re: ENC: Sitio 106 - Gruta da Serra do Ibitipoca, MG

............
estou de acordo com a proposta de disponibilização do sítio.
Atenciosamente,
Antonio Carlos S. Fernandes (representante da SBP na SIGEP)


De: Celia Regina de Gouveia Souza [mailto:celiagouveia@gmail.com]
Enviada em: quinta-feira, 11 de dezembro de 2008 10:37
Assunto: Re: Sitio 106 - Gruta da Serra do Ibitipoca, MG
Concordo,
Celia
ABEQUA


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 11 de dezembro de 2008 11:37
Para: 'Celia Regina de Gouveia Souza'
Assunto: RES: Sitio 106 - Gruta da Serra do Ibitipoca, MG - DISPONÍVEL P/ NOVOS AUTORES

Prezada Celia e demais colegas da SIGEP,
temos três posicionamentos a favor da proposta.
Se algum dos colegas tiver outra sugestão a respeito, favor informar c/c para todos.
Sds Manfredo
Manfredo Winge
Representante da SBGeo na SIGEP


De: Carlos Schobbenhaus [mailto:schobben@df.cprm.gov.br]
Enviada em: quinta-feira, 11 de dezembro de 2008 13:15
Assunto: Re: Sitio 106 - Gruta da Serra do Ibitipoca, MG - DISPONÍVEL P/ NOVOS AUTORES

Concordo,
Carlos Schobbenhaus
Membro da CPRM na SIGEP