SIGEP - COMISSÃO BRASILEIRA DE SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEOBIOLÓGICOS
[ABC ABEQUA CPRM DNPM IBAMA IBGE ICMBio IPHAN PETROBRAS SBE SBG SBP UGB]
=======================

PROPOSTA DE SÍTIO GEOLÓGICO ou PALEOBIOLÓGICO DO BRASIL
A SER PRESERVADO COMO PATRIMÔNIO NATURAL DA HUMANIDADE

1. NOME do SÍTIO(*):

Três Morrinhos, Terra Rica, PR

(*)nome consagrado (se não existir proponha um nome conciso que indique o tipo de sítio) seguido do local e da sigla do estado

2. PROPONENTE
Nome completo:
Luiz Alberto Fernandes
Endereço p/ postagem: Rua Mal. Deodoro, 2908/ap. 8; 80045-375 Curitiba PR
Instituição: Universidade Federal do Paraná
Fax: 41.3361 3848
Telefone: 41.33613235/3386
e-mail: lufernandes@ufpr.br
Endereço curriculum Lattes: http://lattes.cnpq.br/4959270301217109

Data da proposta:  26/02/2011       

Marque a alternativa correta abaixo:
você está propondo:
[X] sítio geológico/paleobiológico ainda não sugerido à SIGEP e candidatando-se à sua descrição (*);
[  ] sítio geológico/paleobiológico ainda não sugerido à SIGEP sem candidatar-se à sua descrição; 
[  ] candidatar-se à descrição (*) de sítio geológico/paleobiológico já sugerido e aprovado pela SIGEP.
(*) - o sítio deverá ser descrito em duas versões, português e em inglês, e de acordo com as Instruções aos Autores.

4. CASO tenha estudado o sítio e ESTEJA SE CANDIDATANDO A DESCREVÊ-LO com artigo científico, informe:

a) Tempo previsto para ENTREGA da MINUTA(*), após a aprovação da proposta:       TRÊS   MESES (máximo de 6 meses ***)       

b) Sugestão preliminar de TÍTULO e de SUBTÍTULO de artigo sobre o sítio (*):

Título:  Três Morrinhos, Terra Rica, PR
Subtítulo:  Testemunho silicificado de areias das dunas do antigo deserto Caiuá

c) COAUTORES(**): 
Leonardo José Cordeiro Santos ;
(UFPR/Dep. de Geografia); CV: http://lattes.cnpq.br/9998364756956271 ;  
e-mail: santos@ufpr.br

(*) Consulte as Instruções aos Autores a respeito: http://www.unb.br/ig/sigep/InstrucoesAutores.htm 
(**) Candidato a autor principal é o proponente relacionado no quadro 1.
Informar aqui somente candidatos a coautores que tenham efetivamente participado e de forma relevante nas pesquisas em ordem de importância, indicando Nome Completo, Instituição, curriculum Lattes, e-mail preferencial e mais permanente para comunicação com a SIGEP.
(***) esgotado o prazo definido pelo proponente sem submissão do capítulo (respeitadas as Instruções aos Autores), o sítio aprovado será elencado pela SIGEP como disponível a outros proponentes assumirem compromisso de descrição de acordo com os critérios atrás estipulados e com o preenchimento deste formulário.

5. TIPOLOGIA(s) DO SÍTIO (marque com XX o tipo mais característico do sítio e com X os demais):
[   ]Astroblema                 
[X]Estratigráfico              
[   ]História da Geologia, Mineração, Paleontologia..
[   ]Marinho-submarino  
[   ]Metamórfico                
[   ]Paleoambiental           
[X]Sedimentar                  
[   ]Outro(s):
[   ]Espeleológico  
[XX]Geomorfológico
[   ]Hidrogeológico (somente casos especiais e com outra tipologia significativa associada)
[   ]Ígneo
[   ]Metalogenético
[   ]Mineralógico
[   ]Paleontológico
[   ]Tectono-estrutural

Observação: [   ] Inclui vestígios arqueológicos  -  [   ] Interesse Histórico/Cultural

6. LOCALIZAÇÃO
a. Município(s)/UF:
Terra Rica, Paraná
b. Nome do local: 
Três Morrinhos
c. Coordenadas geográficas (Lat/Long) do centróide da área do sítio:   
22º 46’ 91” S -  052º 38’ 98” W
7. JUSTIFICATIVAS(*):

A importância do geossítio reside, sobretudo, no fato dos Três Morrinhos constituírem relevo residual de aplainamento cretácea/paleogênica da Superfície Sul-Americana (King 1956). Tratam-se ainda de testemunho da sequência neocretácea que preencheu a Bacia Bauru, preservando estruturas sedimentares eólicas de antigas dunas do Deserto Caiuá. Em função de intemperismo e erosão diferencial que promoveu a formação de espessos mantos de alteração, os Três Morrinhos são uma das poucas possibilidades para estudo das estruturas sedimentares preservadas na região.
Além da beleza paisagística natural, por destacar-se no relevo regional, sua importância como testemunho e de processos geológicos que condicionaram os geomorfológicos, o morro oferece ótimas condições para a prática do vôo livre. O local abriga árvores centenárias, várias espécies de animais, pássaros e plantas, alguns extintos na região.

(*)para a inclusão como PATRIMÔNIO MUNDIAL DA HUMANIDADE - máximo de 150 palavras

8. BREVE DESCRIÇÃO DO SÍTIO(*):

Mais conhecido como Três Morrinhos (Foto 1), o morro Três Irmãos situa-se no municio de Terra Rica, no extremo noroeste do Paraná, próximo do encontro dos rios Paraná e Paranapanema. Assim como da divisa dos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Baliza-se pelas coordenadas 52º40’W e 52º37’W, assim como 22º46’S. O morro oeste, o mais alto, tem altitude aproximada de 640 metros acima do nível do mar. O conjunto situa-se no Terceiro Planalto Paranaense, constituindo elevação anômala no relevo suave da região. O desnível da base ao topo tem cerca de 180 metros.

Fig 1: Face nordeste dos Três Morrinhos, Terra Rica (PR).

Além da beleza paisagística natural e sua importância como testemunho de processos geomorfológicos e geológicos que o originaram, o morro oferece ótimas condições para a prática do vôo livre (asa delta e paraglaider). Os morros abrigam árvores centenárias, várias espécies de animais, pássaros e plantas, alguns extintos na região. O local foi transformado no Parque Municipal Três Morrinhos (2003) e recebeu um portal de entrada, com Centro de Educação Ambiental (2008).

 As três elevações estreitas e alinhadas destacam-se na paisagem monótona de amplas colinas do Noroeste do Paraná. Os Três Morrinhos são testemunhos constituídos de arenitos silicificados Foto 2), principal razão pela qual hoje sustentam relevo anômalo, com topos em cotas a cerca de 200 metros acima da média regional. Tais arenitos pertencem à Formação Rio Paraná, do Grupo Cauiá (Fernandes 1998, Fernandes & Coimbra 2000). Os grupos Caiuá e Bauru compõem seqüência sedimentar única, essencialmente arenosa, acumulada na Bacia Bauru no Cretáceo Superior.

Fig 2: Quartzo-arenito silicificado, exibindo contornos originais dos grãos, demarcados por película de óxidos/hidróxidos de ferro. Fotomicrografia de seção delgada, obtida com polarizadores descruzados. Três Morrinhos (Terra Rica, PR). Unidade geológica: Formação Rio Paraná, Grupo Caiuá.

Na região noroeste do Paraná e extremo oeste do estado de São Paulo há várias ocorrências de arenitos silicificados. As mais expressivas, alinhadas segundo a direção nordeste, concentram-se na zona de seu cruzamento com estruturas antigas do substrato, de direção noroeste, no prolongamento noroeste do Arco de Ponta Grossa. As características e a distribuição peculiar das ocorrências de rochas silicificadas, assim como a presença de palygorskita em basaltos sotopostos e carbonato-fluorapatita em arenitos do Grupo Caiuá, sugerem processos de natureza hidrotermal, de percolação de fluidos silicosos, provavelmente relacionados com o magmatismo alcalino neocretáceo, e finalizados com a silicificação, no final da sedimentação na Bacia Bauru. No extremo oeste do estado de São Paulo destaca-se o Morro do Diabo, sítio geomorfológico semelhante, geneticamente associado aos Três Morrinhos (Fernandes et al. 1993).

 Outras atrações turísticas do local e região

 Caverna do Sol Nascente, com 12 metros de comprimento, localizada na base ao leste do morro. Originou-se da erosão, sobretudo pela água, de porções menos cimentadas (silicificadas) do arenito. Capela no alto do morro, construída na década de 60, antenas de televisão e os equipamentos de retransmissão. Praias naturais de água doce, pesca, passeios de barco e a prática de esportes náuticos no Lago de da Usina Hidrelétrica de Rosana (rio Paranapanema).

Ver vários artigos: Fernandes,1993; Fernandes & Coimbra, 1994; Fernandes, 2000Fernandes, 2004; Santos et al., 2006.

(*)Máximo de 1.000 palavras. Anexar ao e-mail até 2 fotos (máximo 500 kbytes cada) significativas do sítio e, se disponíveis, links ou até capítulo de tese ou de artigo do proponente sobre o sítio

9. VULNERABILIDADE DO SÍTIO A ATIVIDADES DE MINERAÇÃO OU DEGRADAÇÃO AMBIENTAL(*):

Atualmente os morros abrigam antenas de telecomunicações e um deles, onde se chega de veículo motorizado, serve para atividades de saltos de vôo livre. O local foi transformado no Parque Municipal Três Morrinhos (2003), administrado pela Prefeitura Municipal de Terra Rica. Conta com um portal de entrada, com Centro de Educação Ambiental (2008).

(*)Caso o sítio esteja sob riscos iminentes ou já existentes de depredação ou de destruição natural, informe sucintamente quais são e as causas

10. SITUAÇÃO ATUAL DE CONSERVAÇÃO E ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELA PROTEÇÃO:

 O local foi transformado no Parque Municipal Três Morrinhos (2003), administrado pela Prefeitura Municipal de Terra Rica.
 

11. BIBLIOGRAFIA REFERENTE AO SÍTIO PROPOSTO ORDENADA POR DATA(*):

Santos, L.J.C.; Fiori, C.O.; Canali, N.E.; Fiori, A.P.; Silveira, C.T.; Brisk, S.J.; Silva, J.M.F. 2006a. Atlas Geomorfológico do EStado do Paraná. 1. ed. Curitiba/PR: Imprensa oficial, v.1. 59 p.

Santos, L.J.C.; Fiori, C.O.; Canali, N.E.; Fiori, A.P.; Silveira, C.T.; Silva, J.M.F; Ross, J.S. 2006b. Mapeamento Geomorfológico do Estado do Paraná. Revista Brasileira de Geomorfologia, 7:3-11.

Fernandes, L.A. 2004. Mapa litoestratigráfico da parte oriental da Bacia Bauru (PR, SP, MG), escala 1:1.000.000. In: Boletim Paranaense de Geociências. 55:53-66. 1 mapa anexo.

Fernandes, L. A.; Brandt Neto, M.; Coutinho, J.M.V. 2002. Fluorapatita e apatita em arenitos da Fm. Rio Paraná (Gr. Caiuá, Bacia Bauru) e hidrotermalismo neocretáceo. In: Congresso Brasileiro de Geologia, 41., João Pessoa, 2002. Anais, João Pessoa, Sociedade Brasileira de Geologia. p.661.

Calírio, E.P. 2001. Morro Três Irmãos: história, lenda e mistério. Gráfica Paranavaí, Paranavaí.

Fernandes, L.A.; Coimbra, A.M. 2000. Revisão estratigráfica da parte oriental da Bacia Bauru (Neocretáceo). Revista Brasileira de Geociências, 30(4):723-734.

Fernandes, L.A. 1998. Estratigrafia e evolução geológica da parte oriental da Bacia Bauru (Ks, Brasil). 216p. (Tese de Doutoramento, Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo). (3 mapas).

Fernandes, L.A.; Coimbra, A.M.; Brandt Neto, M. 1993. Silicificação hidrotermal neocretácea na porção meridional da Bacia Bauru. Revista do Instituto Geológico, 14(2):19-26.

Fernandes, L.A 1992. A cobertura cretácea suprabasáltica no Paraná e Pontal do Paranapanema (SP): os grupos Bauru e Caiuá. São Paulo, 129p. (Dissertação de Mestrado, Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo). (2 mapas).

King, L.C. 1956. A geomorfologia do Brasil oriental. Revista Brasileira de Geografia, 18(2):147-265. Rio de Janeiro.

(*)assinalar em destaque trabalhos dos candidatos a autor e co-autor

12. FOTO E SINOPSE DO CURRICULUM VITAE DO(S) CANDIDATO(S) A AUTOR(ES)(*):

Luiz Alberto Fernandes tem graduação em Geologia (1977), mestrado (1992) e doutorado (1998) em Ciências - Geologia Sedimentar, pelo Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo. Pós-doutorado (2008, 2009) na Universidad Complutense de Madrid. Atualmente é professor Associado II e coordena o Programa de pós-graduação em Geologia da Universidade Federal do Paraná. Entre 1978 e 1980 atuou em contaminação de águas subterrâneas na Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental (CETESB/SP). De 1980 a 1998 foi pesquisador do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT). Desde então é professor do Departamento de Geologia da UFPR. Sua experiência tem ênfase em Geologia Sedimentar e Análise de Bacias Sedimentares (Petrologia Sedimentar, Estratigrafia; bacias Bauru, do Paraná e de Curitiba; educação tutorial e Geoconservação). Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 2.

 

Leonardo José Cordeiro Santos possui graduação em Geografia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1988), mestrado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (1995) e doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2000), com estágio sanduíche no Institut de la Recherche Agronomique (INRA), Rennes/França. Atualmente é presidente da União da Geomorfologia Brasileira (UGB), professor adjunto da Universidade Federal do Paraná. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geomorfologia e Pedologia, atuando principalmente nos seguintes temas: bacia hidrográfica, fragilidade ambiental, degradação ambiental, erosão e crescimento urbano.

 

 

(*)Sinopse do currículo do candidato a autor e de coautores que efetivamente participaram de pesquisas sobre o sítio. Cada "minicurrículo", acompanhado de uma fotografia pequena tipo 3x4, atualizada e de qualidade, .deverá ter no máximo 120 palavras,  incluindo o nome completo do autor, e abordar atividades, áreas e programas de atuação profissional mais importantes destacando, se possível, aspectos relacionados com pesquisas em áreas de preservação geológica. Constituirá apêndice do artigo se a candidatura for aprovada e o artigo aceito para publicação.

RESERVADO À SIGEP:
DATA APROVAÇÃO DA PROPOSTA:     31/03/11         -   MINUTA PREVISTA PARA:     30/06/11       

COMENTÁRIOS, CRÍTICAS E SUGESTÕES DA SIGEP
E DA COMUNIDADE GEOCIENTÍFICA
E RÉPLICAS DO PROPONENTE


De: acsfernandes@pq.cnpq.br [mailto:acsfernandes@pq.cnpq.br]
Enviada em: domingo, 27 de fevereiro de 2011 15:53
Para: SIGEP
Cc; autores
Assunto: Re: RES: Proposta de SÍTIO TrêsMorrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada
Manfredo e demais colegas,
não ficou claro, para mim, qual a grande importância geológica do sítio. Seria possível por parte dos autores ou de outros colegas da SIGEP maiores esclarecimentos de sua importância?
Atenciosamente,
Antonio Carlos S. Fernandes (Representante da SBP na SIGEP)


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: domingo, 27 de fevereiro de 2011 18:40
Para: SIGEP
Cc: 'lualfernandes@uol.com.br'; 'Leonardo José CordeiroSantos'; '
Assunto: RES: RES: Proposta de SÍTIO TrêsMorrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada
Antônio Carlos e demais,
realmente para não ser entendido como um mero relevo residual de rochas silicificadas, talvez coubesse nas justificativas um maior destaque para o fato de se tratar de um relevo residual de aplainamento (K?) e testemunho  de sequência desértica com belas estruturas sedimentares eólicas de antigas dunas.
Obs. a proposta ainda pode ser melhorada neste sentido principalmente pelos autores antes da ampla divulgação circular aos geocientistas.
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP


De: lualfernandes@uol.com.br [mailto:lualfernandes@uol.com.br]
Enviada em: domingo, 27 de fevereiro de 2011 19:04
Para: acsfernandes@pq.cnpq.br
Cc: santos@ufpr.br; carlos.delphim@iphan.gov.br; carlos.schobbenhaus@cprm.gov.br; cassio@rj.cprm.gov.br; celia@igeologico.sp.gov.br; celiagouveia@gmail.com; cflino@uol.com.br; cristiano.ferreira@icmbio.gov.br; dac@abc.org.br; diogenes.campos@dnpm.gov.br; Emanuel.Queiroz@dnpm.gov.br; gilberto.derze@dnpm.gov.br; irma.yamamoto@dnpm.gov.br; isoldah@iphan.gov.br; jwacastro@gmail.com; jocy.cruz@icmbio.gov.br; jose.reino@icmbio.gov.br; eloi@unb.br; btsimoes@ibb.unesp.br; mclanger@ffclrp.usp.br; mylene.berbertborn@cprm.gov.br; ricardolatge@petrobras.com.br; rogeantu@petrobras.com.br; sidney.gonzalez@ibge.gov.br; vcs@ufc.br; wagnersl@petrobras.com.br; wsallun@gmail.com; roberto.iannuzzi@ufrgs.br; ana.ribeiro@fzb.rs.gov.br; mwinge@terra.com.br
Assunto: Re: SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada
 Caro Antonio Carlos,
Os Três Morrinhos constituem exposição notável de rochas, na monótona paisagem regional, onde o arenito pouco cimentamendo é encoberto por espessa cobertura coluvionar. Pouco aflorante, portanto.
Como morros-testemunho, registram cerca de 200 metros de espessura de areias eólicas contexto desértico neocretáceo, preservadas por processos de silicificação de caráter localizado, associado a grandes estrutuaras/zonas de falha do embasamento da Bacia Bauru (Arco de Ponta Grossa etc).
O fato do local ser tratado com Parque Municipal Três Morrinhos pela Prefeitura Municipal de Terra Rica, associado a  C entro de Educação Ambiental sinaliza-nos, a meu ver, sua importância regional.
Como sítio a destacar, vemos duas razões relevantes, geomorfológica e geológicas citadas.
Saudações,
Luiz. 


De: Celia Regina de Gouveia Souza [mailto:celiagouveia@gmail.com]
Enviada em: segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011 12:46
Para: SIGEP
Cc: lualfernandes@uol.com.br; Leonardo José Cordeiro Santos;
Assunto: Re: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Caros,
A proposta é interessante e remete a sítio semelhante em São Paulo.
Os autores já realizaram vários estudos na área, que parece não apresentar problemas de conservação. 
Aprovo a proposta.

Celia
ABEQUA 


De: lualfernandes@uol.com.br [mailto:lualfernandes@uol.com.br]
Enviada em: terça-feira, 1 de março de 2011 15:15
Para:sigep
Cc:
Assunto: RES: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Prezados colegas,
Em complemento as informações apresentadas, no que se refere a importância geológica do sítio Três Morrinhos, gostaríamos de acrescentar:
O geossítio em questão está situado no Planalto de Paranavaí (Santos et al. 2006a, b), um artigo em anexo, e apresenta regionalmente relevo com baixa dissecação, topos aplainados, declividade média de 6%,
vertentes extensas com predomínio de Latossolos nos topos e com mais de 10 metros de profundidade e Argissolos no terço médio.
Assim, a importância do geossítio reside, sobretudo, no fato dos Três Morrinhos constituírem relevo residual de aplainamento cretácea/paleogênica da Superfície Sul-Americana (King 1956).
Tratam-se ainda de testemunho da sequência neocretácea que preencheu a Bacia Bauru, preservando estruturas sedimentares eólicas de antigas dunas do Deserto Caiuá.
Vale lembrar que em função do intemperismo/erosão diferencial que promoveu a formação de espessos mantos de alteração, os Três Morrinhos são uma das poucas possibilidades para estudo das estruturas sedimentares preservadas na região. A outra possibilidade pode ser encontrada somente no fundo de vale das principais drenagens (Rio Ivaí por exemplo) que escavou o mato de alteração até atingir essas estruturas.

Referências bibliográficas adicionais:
King, L.C. 1956. A geomorfologia do Brasil oriental. Revista Brasileira de Geografia, 18(2):147-265. Rio de Janeiro.
Santos, L.J.C.; Fiori, C.O.; Canali, N.E.; Fiori, A.P.; Silveira, C.T.; Brisk, S.J.; Silva, J.M.F. 2006a. Atlas Geomorfológico do EStado do Paraná. 1. ed. Curitiba/PR: Imprensa oficial, v.1. 59 p.
Santos, L.J.C.; Fiori, C.O.; Canali, N.E.; Fiori, A.P.; Silveira, C.T.; Silva, J.M.F; Ross, J.S. 2006b. Mapeamento Geomorfológico do Estado do Paraná. Revista Brasileira de Geomorfologia, 7:3-11.


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 2 de março de 2011 10:26
Para: Leonardo José Cordeiro Santos (santos@ufpr.br); Luiz Alberto Fernandes (lualfernandes@uol.com.br); Luiz Alberto Fernandes (lufernandes@ufpr.br)
Cc: SIGEP
Assunto: RES: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Prezados Luiz e Leonardo,
aproveitei parte do e-mail e usei nas justificativas.  Os artigos foram disponibilizados também e linkados da breve descrição.

Caso a proposta venha a ser aprovada,  esperamos contar com belas fotografias mostrando os morros como outliers de aplainamento e as estratificações cruzadas eólicas do deserto, os conglomerados de ablação e etc..

 Obs – corrigi o endereço que tinha um caráter em branco entre Terra e Rica, ficou:
www.unb.br/ig/sigep/propostas/Tres_Morrinhos_Terra_Rica_PR.htm

Sds
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP


De: william sallun filho [mailto:wsallun@gmail.com]
Enviada em: quarta-feira, 2 de março de 2011 11:34
Para:SIGEP
Cc: Leonardo José Cordeiro Santos; Luiz Alberto Fernandes; Luiz Alberto Fernandes;
Assunto: Re: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Caros
Considero a proposta importante, e como disse a Celia remete a sitio semelhante em SP.Porém, acho que se trata de um sítio distinto. Como se trata principalmente de um sítio geomorfológico, além de boas fotos, perfis topográficos e modelos de relevo podem ser interessantes.

Sou favorável a aprovação deste sítio.

Uma pergunta aos autores: como esta caverna tem certa importância local o sítio também poderia ser espeleológico?

William Sallun Filho
Rep. da SBE na SIGEP


De: acsfernandes@pq.cnpq.br [mailto:acsfernandes@pq.cnpq.br]
Enviada em: quarta-feira, 2 de março de 2011 15:41
Para: sigep
Cc: Leonardo José Cordeiro Santos; Luiz Alberto Fernandes; Luiz AlbertoFernandes; Roberto Iannuzzi; Ana Maria Ribeiro
Assunto: Re: RES: Proposta de SÍTIO TrêsMorrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Prezado Manfredo,
tendo em vista as explicações que me foram passadas pelos autores, recomendo a aprovação do sítio.

Atenciosamente,
Antonio Carlos S. Fernandes (Representante da SBP na SIGEP)


De: Carlos Schobbenhaus - Zimbra [mailto:carlos.schobbenhaus@cprm.gov.br]
Enviada em: sexta-feira, 4 de março de 2011 11:46
Para:SIGEP
Cc: Leonardo José Cordeiro Santos; Luiz Alberto Fernandes; Luiz Alberto Fernandes
Assunto: Re: RES: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Caros Manfredo e demais colegas,
O sítio Três Morrinhos, Terra Rica, PR submetido à avaliação da Comissão SIGEP, além de ser  um testemunho geomorfológico  com registro da Superfície Sul-Americana definida por Lester King (1956),  é uma "boa exposição da Formação Paraná"  do Grupo Caiuá (cf. Fernandes & Coimbra, 2000).
O subtítulo proposto "Testemunho silicificado de areias das dunas do antigo deserto Caiuá"  remete-nos às  tipologias  relacionadas a esse geossítio:
1. Geomorfológico (testemunho silicificado)
2. Paleoambiental  (deserto Caiuá)
3. Estratigráfico (exposição de arenitos  da F. Paraná)
4. Sedimentar (areias de dunas) 
Adicionalmente, ainda associa-se à tipologia Espeleológico (caverna em arenito).
Além do interesse científico e didático,  o sítio Três Morrinhos tem interesse ecológico, turístico e histórico-cultural. Em suma, a proposta apresentada possui atributos que permitem sua  inclusão na lista de sítios do Patrimônio Geológico do Brasil.
APROVO A PROPOSTA.

Carlos Schobbenhaus
Representante da CPRM na SIGEP


De: Vanda Claudino Sales [mailto:vcs@ufc.br]
Enviada em: quarta-feira, 9 de março de 2011 14:26
Para: SIGEP
Cc:Leonardo José Cordeiro Santos; Luiz Alberto Fernandes; Luiz AlbertoFernandes
Assunto: Re: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

Prezado(a)s colegas,

 Li a proposta de sítio geomorfológico, geológico e estratigráfico "Três Morrinhos", e a considero importante. O relevo tem características particulares, e merece ser inscrito na lista de sítios geomorfológicos do Brasil.

 Um abraço,
Vanda
Representando a UGB


De: Jose Carlos Ribeiro Reino [mailto:jose.reino@icmbio.gov.br]
Enviada em: quarta-feira, 9 de março de 2011 15:02
Para: SIGEP
Cc: Leonardo José Cordeiro Santos; LuizAlberto Fernandes; Luiz Alberto Fernandes
Assunto: Re: Re: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, P R - disponibilizada

Saudações,
Complementando e reforçando a pergunta do colega William aos autores, há dados ou informações que indiquem que a caverna descrita na proposta, apesar de apresentar pequeno desenvolvimento, possui pelo menos um dos atributos abaixo?

I - gênese única ou rara;
II - morfologia única;
III - dimensões notáveis em extensão, área ou volume;
IV - espeleotemas únicos;
V - isolamento geográfico;
VI - abrigo essencial para a preservação de populações geneticamente viáveis de espécies animais em risco de extinção, constantes de listas oficiais;
VII - hábitat essencial para preservação de populações geneticamente viáveis de espécies de troglóbios endêmicos ou relíctos;
VIII - hábitat de troglóbio raro;
IX - interações ecológicas únicas;
X - cavidade testemunho; ou
XI - destacada relevância histórico-cultural ou religiosa

 Nesse caso poderia ser classificada com grau de relevância máximo, conforme Decreto nº 99.556/90 (alterado pelo Decreto nº 6.640/2008). Dessa forma, sua utilização ficaria limitada a condições que assegurem sua integridade física e a manutenção do seu equilíbrio ecológico, ressaltando a importância de ações voltadas a sua conservação.

Atenciosamente,
José Carlos R. Reino
Analista Ambiental - CECAV
ICMBio


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quarta-feira, 9 de março de 2011 22:24
Para: SIGEP
Cc: Luiz Alberto Fernandes (lualfernandes@uol.com.br); Luiz Alberto Fernandes (lufernandes@ufpr.br)
Assunto: ENC: Re: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - AVALIAÇÃO

Prezados colegas da SIGEP,

realmente, ao sítio proposto, além dos atributos já destacados pelos proponentes e pelos colegas da SIGEP, soma-se a ocorrência de caverna sui generis que, segundo os autores, resulta de erosão diferencial entre as partes silicificadas, preservadas (os morros testemunhos em aplainamento regional decorrem dessa maior resistência erosional), e partes não cimentadas e, portanto, mais erodíveis (e que propiciaram a formação da caverna do Sol Nascente citada). É recomendável, portanto, que dentro da descrição do sítio com ênfase na tipologia geomorfológica, seja a caverna descrita como um subtópico importante.

Representando a SBG, aprovo a proposta e os candidatos a autores.

Sds
Manfredo
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: sexta-feira, 25 de março de 2011 09:54
Para: SIGEP
Cc: Luiz Alberto Fernandes (lualfernandes@uol.com.br); Luiz Alberto Fernandes (lufernandes@ufpr.br)
Assunto: ENC: Re: Proposta de SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR - disponibilizada

 Prezados colegas da SIGEP,
a proposta SÍTIO Três Morrinhos,Terra Rica, PR foi-nos encaminhada a um mês e temos 6 votos favoráveis e nenhum contrário o que indica, por enquanto, provável aprovação por maioria .....
Acessar no NOVO ENDEREÇO DO SITE:
http://sigep.cprm.gov.br/propostas/Tres_Morrinhos_Terra_Rica_PR.htm
Algum dos colegas membros que ainda não se manifestaram teriam alguma exigência, restrição ou voto contrário à proposta (lembrar que essas condições exigem a apresentação de análise com justificativa) ?
cordiais saudações
Manfredo
c/c proponentes
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP


De: Manfredo Winge [mailto:mwinge@terra.com.br]
Enviada em: quinta-feira, 31 de março de 2011 09:35
Para: Leonardo José Cordeiro Santos (santos@ufpr.br); Luiz Alberto Fernandes (lualfernandes@uol.com.br); Luiz Alberto Fernandes (lufernandes@ufpr.br)
Cc: SIGEP
Assunto: Proposta de geossítio: Três Morrinhos, Terra Rica, PR - APROVADA

 Três Morrinhos, Terra Rica, PR
Proponentes: Luiz Alberto Fernandes; Leonardo José Cordeiro Santos
VER EM:
http://sigep.cprm.gov.br/propostas/Tres_Morrinhos_Terra_Rica_PR.htm

Prezados proponentes,
Seguindo as normas da SIGEP, comunicamos, com satisfação, que a sua proposta de sítio e compromisso de descrição foram aprovados conforme pode ser visto na página da proposta com 6 votos favoráveis e nenhuma restrição.
Assim, o sítio "
Três Morrinhos, Terra Rica, PR passa a ser relacionado na lista de propostas aprovadas (http://sigep.cprm.gov.br/quadro.htm e na lista geral:  http://sigep.cprm.gov.br/Lista_Geral_Sitios_e_Propostas.pdf ).
Isto considerado, aguardamos a elaboração do artigo o qual, uma vez aprovado, registrará em definitivo o sítio no cadastro da SIGEP, juntamente com o elenco de propostas de preservação como patrimônio geológico, através de sua publicação na Internet (bilingüe) e como capítulo no volume III de SÍTIOS GEOLÓGICOS E PALEONTOLÓGICOS DO BRASIL.
Solicitamos leitura atenta das instruções para os autores visto que elas sofreram algumas adições e pequenas modificações (ex. gr. especificações quanto à qualidade e resolução de figuras com vistas à futura impressão gráfica, desdobramento do tópico sobre a Proteção do Sítio, encaminhamento de minicurrículo do autor com foto,..); acessar em: 
http://sigep.cprm.gov.br/InstrucoesAutores.htm  (*).

Qualquer dúvida a respeito favor nos contactar.
Sds

Manfredo
p/corpo editorial 
c/c SIGEP
Manfredo Winge
Representante da SBG na SIGEP: 


PLANILHA DE

AVALIAÇÃO FINAL DE PROPOSTA
DE DESCRIÇÃO DE SÍTIO GEOLÓGICO - PALEOBIOLÓGICO

Nome do Sítio:  Três Morrinhos, Terra Rica, PR

Proponente(s): Luiz Alberto Fernandes; Leonardo José Cordeiro Santos

Considerando os pareceres, comentários e réplicas constantes na página da proposta, as instituições membros da SIGEP, assim se pronunciam, através de seus representantes titulares, quanto à proposta em epígrafe

INSTITUIÇÃO

PARECER:
1- Aprovação
2- Não aprovação (*)
3- Abstenção
4-
Restrições/Exigências (*)

Academia Brasileira de Ciências – ABC  
Associação Brasileira de Estudos do Quaternário – ABEQUA 1- Aprovação
Departamento Nacional de Produção Mineral – DNPM  
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísitica – IBGE  
Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis– IBAMA  
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio  
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN  
Petróleo Brasileiro SA - PETROBRAS  
Serviço Geológico do Brasil – CPRM 1- Aprovação
Sociedade Brasileira de Espeleologia – SBE 1- Aprovação
Sociedade Brasileira de Geologia – SBG 1- Aprovação
Sociedade Brasileira de Paleontologia – SBP 1- Aprovação
União da Geomorfologia Brasileira - UGB 1- Aprovação

(*) - Apresentar análise e justificativa(s), claras e concisas